“Trata-se da campanha de esterilização mais ampla alguma vez feita no Grande Porto. A esterilização dos animais de companhia assume cada vez mais relevância, quer pelo bem-estar animal, quer como forma de prevenir a sobrelotação dos centros de recolha”, descreveu o vereador do ambiente e proteção animal de Gondomar, José Fernando Moreira.

De acordo com o autarca, a iniciativa que começa hoje a ser divulgada arranca na terça-feira e envolve seis clínicas e os dois hospitais veterinários do concelho, sendo o único requisito para aderir ser morador do concelho de Gondomar, no distrito do Porto.

“Em Gondomar esterilizar os animais de companhia é grátis. Temos vindo a dialogar com várias associações e voluntários para juntos criarmos um projeto inovador e inclusivo. Com este espírito não tenho dúvidas de que vamos prestar um grande contributo na vida em sociedade”, acrescentou José Fernando Moreira.

A câmara de Gondomar anunciou já a intenção de implementar o método “Capturar-Esterilizar-Devolver” até ao final do ano. E em maio deste ano, o Município liderado por Marco Martins anunciou a construção de um novo Centro de Recolha Animal que contempla um recinto de treino, um hotel e áreas de lazer.

O equipamento será construído na freguesia de Covelo, num investimento de cerca de dois milhões de euros.

A estimativa da autarquia é que o novo centro venha a acolher 150 a 200 cães, bem como 40 a 60 gatos.

Quanto à campanha de esterilização, esta contempla cães e gatos e as normas de candidatura estão disponíveis no portal oficial desta autarquia na Internet.