O Reino Unido registou 12.594 novas infeções e 19 mortes de Covid-19 nas últimas 24 horas, anunciou o ministério da Saúde britânico, que admitiu esta segunda-feira que um “problema técnico” deixou por contabilizar cerca de 16 mil casos.

No domingo tinham sido registados 22.961 novos casos e 33 mortes.

O total acumulado desde o início da pandemia de covid-19 no Reino Unido é agora de 515.571 de casos de contágio confirmados e de 42.369 óbitos num período de 28 dias após um teste positivo.

Uma falha técnica levou a que 15.841 casos do novo coronavírus no Reino Unido não fossem notificados entre 25 de setembro e 02 de outubro nas estatísticas atualizadas diariamente pelo ministério da Saúde, o que fez com que o número total de casos diários relatados na semana passada fosse inferior ao número real de casos positivos.

A agência de saúde pública Public Health England (PHE) assegurou esta segunda-feira que o “problema técnico” foi resolvido e que todos os positivos já foram informados da situação, embora esse não seja o caso de outras pessoas que estiveram em contacto com os infetados.

De acordo com a consultora médica do sistema de teste e rastreamento, Susan Hopkins, 75% (11,968) dos casos em questão dizem respeito a três dias, entre quarta-feira e quinta-feira.

“Todos os casos pendentes foram imediatamente transferidos para o sistema de rastreamento de contactos até às 01:00 da manhã do dia 03 de outubro [sábado] e uma avaliação completa dos riscos à saúde pública foi realizada para garantir que os casos pendentes fossem priorizados para rastreamento de contactos de forma eficaz”, acrescentou.

O ministro da Saúde, Matt Hancock, disse esta segunda-feira no parlamento que foram feitas 6.500 horas de trabalho extraordinário durante o fim de semana e que 51% dos casos “perdidos” foram contactados e que os restantes sê-lo-ão “o mais brevemente possível”.

Porém, vincou, que a avaliação da doença e do seu impacto não mudou substancialmente devido à alteração dos dados e que não teve impacto nas decisões tomadas a nível local para controlar surtos em certas cidades ou regiões.