Em matéria de design, a Aston Martin surpreende por conceber veículos com linhas que são simultaneamente desportivas e luxuosas. Apesar destes conceitos serem difíceis de conciliar, os estilistas da marca britânica estão particularmente à vontade neste domínio.

Talvez por desejar explorar a criatividade extrema dos seus designers, a Aston Martin criou há muito uma nova área de negócios, que marcou a entrada do construtor de automóveis pelo ramo da imobiliária. Recentemente projectou a Aston Martin Residences em Miami, na Florida, mas a sua última criação é ainda mais sensacional.

Sylvan Rock é o nome de uma propriedade localizada no vale do rio Hudson, próxima de Nova Iorque e nas margens do rio onde o comandante Chesley Sullenberger amarou o Airbus A320 da US Airways, com 155 pessoas a bordo. Num terreno com 22,2 hectares (222.577 m2), a habitação oferece 555,8 m2 de área habitável, além de piscina e garagem. Esta última está dividida em zona exterior e interior, sendo esta capaz de receber até quatro veículos, visíveis de várias zonas da casa. E por um pouco mais, o promotor imobiliário até pode juntar um dos novos SUV da marca inglesa, o DBX, aqui oferecido em Onyx Black para fazer conjunto com a habitação.

A generosa vivenda, com quatro quartos principais e outros três mais pequenos para visitas, dispõe igualmente de uma casa na árvore. É integralmente revestida a madeira, o que não só é um excelente isolante como permite uma melhor integração na paisagem. Para o fim, deixámos a pior parte da Sylvan Rock, que exige um pagamento de 7,7 milhões de dólares, cerca de 6,5 milhões de euros, antes que o novo proprietário a possa ocupar. Vai estar pronta em 2022.