O secretário-geral do PCP, Jerónimo de Sousa, lembrou hoje que as eleições deste mês nos Açores servirão para eleger deputados e não um presidente do Governo Regional, pedindo nesse sentido o reforço dos votos na CDU. Já o coordenador do PCP nos Açores disse ser “essencial derrubar a maioria absoluta” do PS na região.

“Estas eleições são para eleger deputados e quantos mais deputados a CDU eleger melhor defendidos estarão os direitos do povo”, declarou Jerónimo de Sousa, numa sessão política em Ponta Delgada que junta comunistas e ecologistas.

A CDU elegeu nas legislativas regionais de 2016 um deputado, João Paulo Corvelo, da ilha das Flores, sendo que este ano o comunista não é candidato. Para Jerónimo de Sousa, “queiram os trabalhadores e o povo açoriano” dar a “força necessária” à CDU e “mais justiça social, mais desenvolvimento e melhores condições de vida” serão garantidos na região.

“Estas duas semanas [de campanha eleitoral são de grande importância no trabalho do esclarecimento”, acrescentou ainda o líder comunista, mesmo reconhecendo dificuldades acrescidas em virtude da pandemia de covid-19.

No que refere ao programa da CDU para o sufrágio, este “vale pela diferença, a diferença de uma força que honra os compromissos assumidos, que respeita a palavra dada”, e garante a “defesa de direitos, o valorizar dos salários e o alargar da proteção social”.

As próximas eleições para o parlamento açoriano decorrem em 25 de outubro.