Covilhã, Castelo Branco, 12 out 2020 (Lusa) – Um homem de 43 anos vai ficar em prisão preventiva depois de ter sido detido pela Polícia Judiciária por suspeita da prática de múltiplos crimes de abuso sexual de crianças e de pornografia de menores, na área da Covilhã, distrito de Castelo Branco.

Em comunicado enviado à agência Lusa, o Departamento de Investigação Criminal da Guarda explica que os crimes terão sido praticados de forma “reiterada” e ao longo de vários anos.

“Na sequência de buscas domiciliárias, foi apreendido, em dois locais distintos da área do Município da Covilhã, aproximadamente um milhar de ficheiros informáticos, contendo material pornográfico envolvendo menores de 14 anos de idade”, é referido.

Segundo a PJ, das “várias diligências de investigação, entretanto já realizadas, foi possível apurar que o arguido acedeu a diversos sítios na internet, contendo pornografia, importando os respetivos conteúdos, via ‘download’, que seguidamente também partilhava no espaço virtual, fazendo ‘uploads’ de imagens de cariz sexual com crianças e jovens”.

O suspeito foi presente a primeiro interrogatório judicial, tendo-lhe sido aplicada a medida de coação de prisão preventiva.

CYC // SSS

Lusa/Fim