A Nova Zelândia decidiu que não disputará o jogo particular com Inglaterra, previsto para 12 de novembro, em Wembley, devido às “complicações” existentes com a evolução da pandemia da Covid-19, informou o presidente da Federação neozelandesa de futebol.

Andrew Pragnell justificou a recusa da seleção da Nova Zelândia em viajar para Inglaterra face “às restrições atualmente em vigor”, bem como o “crescente aumento de casos de Covid-19 na Europa”.

O selecionador dos ‘all whites’, Danny Hay, já se manifestou “extremamente desiludido” com o cancelamento do jogo, que disse ser de grande importância para os seus jogadores, frente a uma Inglaterra de “estrelas”.

Nova Zelândia consegue erradicar, pela segunda vez, a pandemia

A pandemia de Covid-19 já provocou mais de um milhão e oitenta e um mil mortos no mundo desde dezembro do ano passado, incluindo 2.110 em Portugal.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Na Europa, o maior número de vítimas mortais regista-se no Reino Unido, com 43.018 mortos e mais de 634 mil casos.