Dark Mode 151kWh poupados com o Asset 1
i

A opção Dark Mode permite-lhe poupar até 30% de bateria.

Reduza a sua pegada ecológica. Saiba mais

Logótipo da MEO Energia

Covid-19. Novo recorde de casos, com segundo dia acima dos dois mil, e Norte a liderar

O número de infeções diárias por Covid-19 continua a registar novos máximos. A região norte acumula cerca de 55% dos casos. Houve 11 mortes nas últimas 24 horas.

i

É no norte que se está a registar a maioria dos casos

HUGO DELGADO/LUSA

É no norte que se está a registar a maioria dos casos

HUGO DELGADO/LUSA

Depois do recorde do dia anterior, o número de testes positivos por Covid-19 não parou de aumentar. O boletim da Direção-Geral de Saúde desta quinta-feira dá conta de 2.101 infetados, mais 29 do que os 2.072 do dia anterior. Em relação ao número de mortes, há 11 vítimas a registar, mais quatro do que na quarta-feira.

É o Norte que acumula a maioria dos novos casos. As 1.146 infeções confirmadas na região representam 54,5% do total do país. Desde que começou a pandemia foram assinalados 35.807 casos.

Já Lisboa e Vale do Tejo —  que abrange o distrito de Lisboa e parte dos distritos de Setúbal, Santarém e Leiria — tem 733 novas infeções confirmadas, ou 34,9% do total do país (num total de 45.521 desde que começou a pandemia).

No restante país, há 222 casos no total, sobretudo no Centro (163 casos), mas também no Alentejo (40), no Algarve (13), na Madeira (5) e nos Açores (1).

O boletim da DGS mostra que há agora 993 internados com Covid-19, mais 36 do que no último boletim. E o número de doentes graves também teve uma subida — mais quatro internados em Unidades de Cuidados Intensivos, totalizando neste momento 139 doentes nessa condição.

Ao longo do último dia, recuperaram também 588 doentes que tinham Covid-19 (são 55.081 desde que começou a pandemia), havendo ainda atualmente 36.085 casos ativos.

Das 11 mortes registadas nas últimas 24 horas, sete foram identificadas em Lisboa e Vale do Tejo. Os outros quatro óbitos dividem-se entre Norte (2) e Centro (2). Em relação às idades, oito tiveram lugar entre pessoas com mais de 80 anos. Os restantes casos verificaram-se na casa dos 40 anos (1), dos 50 (1) e dos 70 (1).

Recomendamos

A página está a demorar muito tempo.