A Câmara de Aveiro anunciou esta sexta-feira a abertura de um concurso público para integrar 115 funcionários, com contratos por tempo indeterminado. A abertura de concurso para o recrutamento de 11 assistentes técnicos e 36 operacionais, em regime de contrato de trabalho por tempo indeterminado, foi aprovada na reunião do executivo de quinta-feira.

O concurso visa “terminar com os contratos temporários de trabalho e a precariedade, numa área onde a estabilidade do trabalho é tão importante como é a da Educação”, justifica uma nota municipal. Os novos funcionários estavam ao serviço das escolas, que passaram para o município, no âmbito da descentralização de competências na educação.

Na mesma reunião foi também aprovada a abertura de concurso para o recrutamento de 68 trabalhadores, entre assistentes operacionais, assistentes técnicos e técnicos superiores, para assumirem funções por tempo indeterminado, em diversas áreas dos serviços da Câmara.

“Esta decisão tem em conta o facto de nos últimos cinco anos se terem aposentado 58 funcionários municipais e terem saído mais 93 por motivos vários, a que se soma a nova intensidade da atividade da câmara nos seus diferentes setores, e as novas competências que estão a ser assumidas em várias áreas no âmbito da descentralização, respondendo à necessidade de capacitar a estrutura camarária para gerir a exigência do desenvolvimento crescente do Município a que temos assistido”, explica o executivo municipal.

Aprovado foi também o recrutamento imediato de 15 assistentes operacionais, com o recurso a reservas de recrutamento internas válidas nos Agrupamentos de Escolas, para suprir necessidades imediatas.