Dark Mode 148kWh poupados com o Asset 1
i

A opção Dark Mode permite-lhe poupar até 30% de bateria.

Reduza a sua pegada ecológica. Saiba mais

Logótipo da MEO Energia

Aproveite o último domingo de verão. A partir de segunda haverá temporal a sério, com muita chuva e vento forte

Chuva persistente, vento forte e agitação marítima ficam toda a semana, depois de um domingo onde no interior ainda se chega quase aos 30º. Vai ser uma "situação severa em que devemos ter cautela".

i

Esta situação deve-se à passagem de superfícies frontais, ondulações frontais, associadas a uma depressão que vai ficar a noroeste da Península Ibérica

Esta situação deve-se à passagem de superfícies frontais, ondulações frontais, associadas a uma depressão que vai ficar a noroeste da Península Ibérica

Ainda pode andar de roupa leve durante o dia, mas não se esqueça já de um bom casaco para a noite. E aproveite o fim de semana ao ar livre o melhor que possa, porque a partir de segunda-feira começa uma semana de chuva forte e muito vento que se vai prolongar até pelo menos ao domingo da próxima semana, quando já entrarmos no horário de inverno. Resumindo de uma forma breve, este domingo vai ser o último com um cheirinho a verão (as temperaturas até vão subir para quase 30º no interior e não haverá muitas nuvens), mas depois virá o temporal.

A culpa é de uma depressão que vai ficar a noroeste da Península Ibérica e que colocará todo o país (o continente) sobre vento e muita chuva a partir do meio do dia de segunda-feira. O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) prevê precipitação contínua, persistente, por vezes forte, e um aumento gradual da intensidade do vento. “É uma situação severa em que devemos ter cautelas. São situações típicas de outono com características mais severas”, diz a meteorologista Ângela Lourenço, falando em “chuva e vento forte”, provavelmente acompanhados “também de agitação marítima forte“. No entanto, diz, “trata-se de uma situação típica de outono. No outono já começam a aparecer situações de precipitação forte”.

Segundo a meteorologista, esta situação deve-se à passagem de superfícies frontais, ondulações frontais, associadas à tal depressão que vai ficar a noroeste da Península Ibérica, que vão atravessar o continente na próxima semana. “Sábado pode existir nublisidade e até alguns aguaceiros, domingo voltamos a ter céu pouco nublado e até subida da temperatura, vai ser parecido com um dia de verão. A alteração do estado do tempo será a partir da tarde de segunda-feira”, disse.

Portanto, pegue nos miúdos, no cão, no companheiro ou companheira, desafie os amigos ou aproveite sozinho o domingo onde em alguns locais “como o Ribatejo, as máximas aproximam-se dos 30 graus”, porque “no início da semana, as temperaturas regressam para valores da ordem dos 20 graus, entre 20 e 22 graus” com “o interior a variar entre os 15 e os 17 graus” e o Sul  ligeiramente mais quente “perto dos 23/24”.

As mínimas, essas podem baixar consideravelmente a partir de segunda, e andar entre os 13 graus no litoral e abaixo dos 10 no interior. Sim, já pedem mantas ou endredãos quentinnhos na cama.

Lisboa com previsões de chuva a 100% segunda e terça e de 93% na quarta

A mesma previsão para o Porto: segunda e terça chove o dia todo e quarta quase

Em Faro, os dias piores de chuva são quarta e quinta

Em Évora, de segunda a quinta, a chuva não dará tréguas

No interior, como na Guarda, à chuva juntam-se los dias frios — as máximas não superam os 12 graus

Bragança terá chuva até domingo e noites a chegarem apenas aos 5 graus

No Ribatejo, os dias manter-se-ão amenos, mas a chuva cairá forte

As mesmas previsões para a região centro: uma semana chuvosa

Recomendamos

A página está a demorar muito tempo.