No subsolo da capital venezuelana, Caracas, e no resto do país haverá uma rede de túneis e outros compartimentos para proteger Nicolás Maduro e o alto comando militar, denuncia Tamara Suju, diretora executiva do Instituto Casla.

Numa série de publicações no Twitter, a advogada de direitos humanos mostra vídeos e fotografias com os túneis que, alegadamente, foram mandados construir ainda no tempo de Hugo Chávez, que se queria proteger de um eventual ataque militar, noticia o ABC.

Os abrigos serviriam não só para albergar as mais altas patentes militares de cada estado, mas também armas e outro material bélico. Muitos deles, no entanto, estão abandonados ou não foram concluídos porque os militares ficaram com o dinheiro que deveria ter servido para comprar materiais de construção, disse Tamara Suju ao jornal.