A Guarda Nacional Republicana deteve, na localidade de Carvoeiro, concelho de Silves, um homem por violação do confinamento obrigatório a que estava sujeito no âmbito da pandemia de Covid-19, informou aquela força policial.

O homem, de 45 anos, foi detido na quinta-feira “no decorrer de uma ação de patrulhamento”. Os militares do Posto Territorial do Carvoeiro “verificaram que um cidadão, a quem tinha sido determinado o dever de confinamento obrigatório, se encontrava na via pública, a conduzir a sua viatura”.

Ao se apurar que o indivíduo se ausentou de casa por iniciativa própria, foi-lhe “determinado o regresso a casa e, consequentemente, detido”.

A violação do confinamento obrigatória constitui crime de desobediência, tendo o homem sido constituído arguido e os factos foram remetidos ao Tribunal Judicial de Portimão.

Na primeira quinzena de outubro, 12 pessoas foram detidas por violarem as regras previstas na situação de contingência devido à Covid-19, de acordo com dados do Ministério da Administração Interna.