A Polícia Judiciária (PJ) de Setúbal deteve um homem de 60 anos e a ex-companheira, de 50, ambos suspeitos de abusarem sexualmente de uma menor, filha do elemento feminino do casal, foi esta sexta-feira anunciado.

Segundo um comunicado da PJ, os abusos sexuais da menina, agora com 13 anos, terão ocorrido quando o casal vivia em união de facto, entre o final de 2018 e o início deste ano de 2020, numa localidade do distrito de Setúbal.

De acordo com a investigação realizada pela Judiciária, os presumíveis agressores aproveitaram-se do ascendente e da relação de dependência inerente aos laços familiares, bem como da coabitação, para sujeitarem a menina a práticas sexuais abusivas e frequentes.

Os dois detidos já foram presentes a primeiro interrogatório judicial, tendo-lhes sido aplicada a medida de coação de prisão preventiva.