O Metro de Lisboa vai apresentar perturbações na circulação de comboios na manhã desta quarta-feira devido à realização de um plenário geral dos trabalhadores, anunciou esta terça-feira a empresa.

Numa nota publicada no site oficial, o Metropolitano de Lisboa, avança que, no dia 21 de outubro, das 09h15 às 13h, “poderão ocorrer perturbações na circulação de comboios”.

Segundo disse fonte sindical à Lusa, encontram-se a decorrer as negociações do contrato de trabalho que deviam ter sido concretizadas no início do ano, mas que, devido à pandemia foram sendo adiadas.

A fonte do Sindicato dos Trabalhadores de Transportes Rodoviários e Urbanos de Portugal (STRUP) escusou-se adiantar mais pormenores, referindo que, na quarta-feira, será apresentada aos trabalhadores a proposta da administração da empresa.

De entre as diferentes propostas do caderno reivindicativo, no último plenário de trabalhadores ficou decidido, conforme refere a página da Federação dos Sindicatos de Transportes e Comunicações (FECTRANS), que estes vão centrar-se apenas em duas matérias, nomeadamente o aumento salarial e a prorrogação da vigência mínima de 2 anos, criando estabilização nas relações de trabalho.