Um homem armado fez esta quarta-feira à tarde vários reféns dentro das instalações de um banco na Geórgia, informaram as autoridades desta ex-república soviética. O banco situa-se na cidade de Zugdidi (região oeste).

A polícia isolou a zona onde fica a sucursal bancária e montou uma operação “para neutralizar o agressor”, informou esta terça-feira o ministério num comunicado.

A televisão estatal da Geórgia, a Mtavari TV, noticiou que o sequestrador estava armado com uma granada de mão e exigia 500.000 dólares (cerca de 420.000 euros) em dinheiro.

A Mtavari TV conseguiu falar com um dos reféns que indicou que o agressor chegou a manter 19 pessoas dentro das instalações bancárias.

O canal de televisão também divulgou um vídeo que mostrava uma sala com pessoas sentadas no chão e um homem vestido com um uniforme militar, de rosto coberto, e armado com uma espingarda.