O Turismo do Algarve entregou esta quinta-feira ao Instituto de Conservação da Natureza e Florestas (ICNF) os equipamentos para a valorização e promoção turística do Centro de Educação Ambiental de Marim, no Parque Natural da Ria Formosa.

“São equipamentos para enriquecer as visitas turísticas ao Centro de Marim, nomeadamente materiais para o parque de merendas, sinalética direcional para percursos pedestres, painéis interpretativos de fauna e flora, além de outros de informação em várias línguas”, disse à agência Lusa o presidente da Região de Turismo do Algarve (RTA), João Fernandes.

A iniciativa está integrada no projeto transfronteiriço “Valuetur”, aprovado ao abrigo do Programa de Cooperação Interreg V-A Espanha – Portugal 2014-2020 (POCTEP), numa parceria liderada pela Diputación Provincial de Huelva e que inclui a RTA, a Consejería de Medio Ambiente y Ordenación del Territorio da Junta de Andalucía, a Fundación Andanatura e a Mancomunidad Condado de Huelva.

O “Valuetur” visa valorizar as áreas protegidas de valor natural, histórico e cultural, nas quais se incluem a Ria Formosa, o Parque Natural do Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina e a Reserva Natural do Sapal de Castro Marim e Vila Real de Santo António, no Algarve, e Rio Tinto (Andaluzia).

Os equipamentos entregues esta quinta-feira pela RTA ao ICNF, entidade gestora do Parque Natural da Ria Formosa, “com um valor de cerca de 20 mil euros, fazem parte de um investimento total de 100 mil euros previstos para toda a região algarvia”, indicou o responsável pelo turismo.

“Os materiais colocados no Centro de Educação Ambiental de Marim, visam enriquecer as visitas ao espaço que recebe cerca de 30 mil visitantes por ano, uma área natural de grande valor que tem potencial para receber um número muito superior de visitas turísticas”, destacou João Fernandes.

De acordo com o responsável da RTA, o protocolo de cedência dos equipamentos ao ICNF “tem uma data indicativa de 60 anos, ficando a sua manutenção a cargo dos responsáveis pelo ambiente”.