O primeiro-ministro japonês, Yoshihide Suga, disse esta segunda-feira que o país está “determinado” em organizar os Jogos Olímpicos no verão de 2021 e declarou que o evento servirá “como prova de que a humanidade derrotou o vírus”.

“Estamos determinados em organizar os Jogos Olímpicos e Paraolímpicos no próximo verão como prova de que a humanidade derrotou o vírus”, disse Yoshihide Suga no seu primeiro discurso político ao parlamento japonês desde a tomada de posse, em setembro.

Continuaremos a fazer o nosso melhor para tornar o torneio seguro”, acrescentou.

Desde que tomou posse, o novo primeiro-ministro japonês manteve a mensagem do seu antecessor sobre a vontade dos anfitriões de avançar com os Jogos, apesar das dificuldades para organizar um evento tão grande durante a pandemia.

O Governo japonês e o Comité Olímpico Internacional decidiram em março adiar os Jogos de Tóquio para o verão de 2021, devido à crise de saúde global causada pela propagação da Covid-19.

A pandemia de Covid-19 já provocou mais de 1,1 milhões de mortos e quase 42,7 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.