Madrid vai recorrer a drones para controlar a circulação e a lotação de cemitérios durante o Dia de Todos os Santos, noticiou o El País esta quarta-feira.

Este ano, no dia 1 de novembro, a capacidade dos cemitérios em Madrid vai ser reduzida para metade por causa da pandemia. Os grupos de visitantes serão limitados a, no máximo, seis pessoas e devem respeitar as regras de distanciamento social.

Para garantir que as restrições impostas são respeitadas, 275 a 300 polícias municipais deslocar-se-ão para os cemitérios da capital espanhola durante três dias a partir de 30 de outubro. O número é 21% maior do que no ano passado.

Os agentes serão apoiados por três drones, sendo que dois estarão alocados aos cemitérios de maior dimensão da cidade — La Almudena e  Carabanchel. O terceiro irá circular de acordo com as necessidades que surgirem.

Os cemitérios terão ainda corredores sinalizados para que sejam mantidas as distâncias devidas e a polícia poderá controlar o fluxo de entradas, além de monitorizar o cumprimento das normas sanitárias e a venda itinerante de flores em bancas improvisadas e em carros.