A taxa de desemprego aumentou em agosto para 8,1%, mais 0,2 pontos percentuais do que em julho e mais 1,7 pontos do que no mesmo mês de 2019, segundo dados esta quinta-feira divulgados pelo INE.

De acordo com as estimativas mensais do desemprego do Instituto Nacional de Estatística (INE), os dados provisórios apontam ainda para que a taxa de desemprego (segundo o conceito da Organização Internacional de Trabalho) tenha recuado em setembro para os 7,7%, menos 0,4 pontos percentuais do que no mês precedente e mais 0,4 pontos percentuais do que há três meses e 1,2 pontos percentuais do que há um ano.

O INE refere também que, segundo os resultados finais de agosto, a população empregada aumentou 0,5% relativamente ao mês anterior e 1,3% em relação a três meses antes, mas diminuiu 2,9% face ao mesmo mês de 2019.