213kWh poupados com o Asset 1
i

A opção Dark Mode permite-lhe poupar até 30% de bateria.

Reduza a sua pegada ecológica. Saiba mais

Logótipo da MEO Energia

O MEO ajuda-o a poupar, simule aqui.

Boletim DGS. Nunca houve tantas mortes por Covid-19 num só dia em Portugal

Autoridades de saúde registaram 47 mortes por Covid-19 num só dia, o maior número desde o início da epidemia. Número dos internamentos também alcançou novos máximos. Mais 2.506 novos casos.

i

AFP via Getty Images

AFP via Getty Images

Portugal registou esta segunda-feira o maior número de vítimas mortais da Covid-19 num só dia, evidencia o relatório de situação da Direção-Geral da Saúde. São mais 46 mortes por complicações consequentes da infeção pelo novo coronavírus e, pela primeira vez, ocorreram numa maior abrangência nacional, em seis das sete regiões de saúde.

Os dados revelam que 20 das fatalidades foram registadas no Norte, 17 na região de Lisboa e Vale do Tejo, seis na zona Centro, uma no Alentejo, outra na região Sul e uma vítima mortal na Madeira. Entre as 46 vítimas mortais da Covid-19, 37 tinham mais de 80 anos, sete tinham entre 70 e 79 anos, uma tinha entre 60 e 69 anos e outra entre 50 e 59 anos.

Mais 2.506 pessoas testaram positivo para a infeção pelo novo coronavírus nas últimas 24 horas. É o número mais baixo de casos positivos detetados em 24 horas desde 25 de outubro, mas estes decréscimos são um fenómeno natural à segunda-feira, porque durante o fim de semana há menos testes processados do que nos dias úteis.

Segundo o boletim, há 1.202 novos casos no Norte, 845 na região de Lisboa e Vale do Tejo, 333 casos na zona Centro, 66 no Sul, 46 no Alentejo, 13 no arquipélago da Madeira e um nos Açores. De todos os casos, 393 novos casos de infeção pelo novo coronavírus verificaram-se na faixa etária dos 40 aos 49 anos — a que mais novos casos registou nas últimas 24 horas. Segue-se a faixa etária dos 20-29 anos (390 casos) e dos 30-39 anos (380 casos).

As autoridades de saúde também deram conta de mais 937 casos ativos de infeção pelo novo coronavírus — somando 60.963 até à meia-noite — e mais 1.523 recuperados da Covid-19. O boletim da DGS indica agora 83.294 casos de infeção pelo SARS-CoV-2 que já foram dadas como recuperadas.

Os números de internamento alcançaram novos máximos esta segunda-feira. Até à meia-noite contabilizaram-se 2.255 internamentos por Covid-19, mais 133 casos que nas 24 horas anteriores, e 294 casos em unidades de cuidados intensivos, mais 10 que no boletim publicado no domingo.

Sendo segunda-feira, era expectável que a Direção-Geral da Saúde atualizasse a distribuição de casos de Covid-19 pelos concelhos portugueses. No entanto, “os dados por concelho serão atualizados durante esta semana, na sequência da reformulação dos indicadores relativos aos novos casos de Covid-19 pela Direção-Geral da Saúde”.

“As medidas de controlo de Covid-19 têm por base a incidência cumulativa a 14 dias, que corresponde ao número de novos casos nos últimos 14 dias por 100 mil habitantes. Pretende-se que esta seja a principal métrica utilizada na avaliação de risco de cada concelho para que os cidadãos possam acompanhar a evolução da pandemia nos concelhos”, justifica a DGS.

Recomendamos

A página está a demorar muito tempo.