O pequeno Fiat 126 foi uma das armas mais importantes do construtor italiano entre 1972 e o ano 2000, contribuindo para motorizar os cidadãos italianos, e muitos outros no resto da Europa. Era pequeno, ágil, económico e transportava quatro adultos, ainda que os que ocupavam o banco traseiro tivessem que revelar alguma boa vontade.

Se, para os mais velhos, o 126 cumpria o serviço que lhe era confiado, ou seja, transportava a família, para os mais jovens o pequeno Fiat fazia tudo isso e ainda era divertido de conduzir. É certo que o motor de dois cilindros, com 594 cc a 652 cc e potências entre 23 e 26 cv, podia não permitir grandes voos, mas como o modelo não ultrapassava 580 kg, a agilidade estava garantida. Veja aqui o divertido que foi o troféu polaco com esta “máquina”:

Embora o 126 nunca tivesse atingido a mesma popularidade do Fiat 500, que foi fabricado até 1975 e de quem o 126 herdava mecânica e a base do chassi (ainda que alargado), a realidade é que fãs não lhe faltam. Isso levou o gabinete de design MA-DE a conceber uma versão do popular citadino, que com prazer forneceria à Fiat, caso esta decidisse avançar com o projecto.

O novo Fiat 126 EV Concept é eléctrico, como a denominação indica, o que será fácil de conseguir uma vez que seria possível construí-lo sobre a plataforma do novo 500 eléctrico. O modelo original montava o motor atrás, exibindo por isso uma frente sem entradas de ar, o que é perfeitamente exequível nos novos carros eléctricos, cuja necessidade de refrigeração é mínima. O resultado final é agradável, podendo ascender ao estatuto de apaixonante para os fãs do modelo. Resta conhecer a posição da Fiat em relação à viabilidade do projecto.