A Área Metropolitana do Porto (AMP) revelou esta segunda-feira que no carregamento da assinatura de dezembro já serão aceites declarações de RSI da Segurança Social Direta, em formato digital, para comprovar o direito ao acesso ao Passe Social+.

Numa resposta à Lusa, a AMP refere que a solução estava a ser trabalhada tendo em conta o contexto de pandemia, por forma a responder às solicitações dos utentes e simplificar procedimentos. De acordo com aquela entidade, a simplificação destes procedimentos aguardava autorização por parte das entidades competentes, situação que “já se encontra ultrapassada”.

“Para o carregamento da próxima assinatura, para mensalidade de dezembro, já serão aceites estas declarações da Segurança Social Direta”, assinala a AMP.

A possibilidade de entrega da declaração de RSI da Segurança Social Direta, para comprovar o direito ao acesso ao Passe Social+ e agilizar o processo, já foi já divulgada por toda a rede de vendas Andante. Esta informação tinha já sido avançada pelo Semanário Expresso, tendo sido hoje confirmada à Lusa pela Comissão Executiva da Área Metropolitana do Porto.

Portugal contabiliza pelo menos 2.959 mortos associados à Covid-19 em 183.420 casos confirmados de infeção, segundo o último boletim da Direção-Geral da Saúde (DGS).

Portugal Continental entrou em estado de emergência esta segunda-feira , pela quarta vez desde o início da pandemia de covid-19, estando em vigor um conjunto de medidas, algumas apenas aplicáveis aos 121 concelhos de maior risco de contágio pelo novo coronavírus.

Entre as novas medidas que entraram hoje em vigor está o recolhimento obrigatório noturno nos 121 municípios, entre as 23h e as 5h. Nestes concelhos, nos próximos dois fins de semana, também haverá limitações à circulação na via pública a partir das 13h e até às 5h dos dias seguintes.