A distribuidora de conteúdos desportivos Eleven comprou a startup portuguesa MyCujoo, lançada em 2015 por João Presa e Pedro Presa, e a respetiva tecnologia de transmissão de jogos de futebol e de futsal em livestreaming, anunciaram as empresas nesta segunda-feira em comunicado. O valor da aquisição não foi divulgado.

Com esta operação, o grupo Eleven integra a tecnologia da MyCujoo e prepara-se para lançar um novo serviço global, com capacidade para oferecer aos detentores de direitos das indústrias desportivas e de entretenimento acesso a ferramentas inovadoras de transmissão ao vivo. A expectativa aponta para que a plataforma esteja totalmente operacional em 2021.

A tecnologia da MyCujoo tem permitido às federações, ligas, clubes e jogadores de futebol apresentarem jogos em direto para um público global. No ano passado, a startup portuguesa transmitiu mais de 22.000 jogos de 3.500 criadores de conteúdos, alcançando mais de 26 milhões de utilizadores únicos no mundo.

“Em conjunto, vamos dar às federações, equipas e jogadores uma nova e melhorada casa para mostrarem o seu talento. O nosso objetivo é servir as comunidades dedicadas de fãs em todo o lado com um destino desportivo global de primeira classe e milhares de horas de desporto em direto”, afirma Luís Vicente, CEO da Eleven, em comunicado.

O presidente da cadeia televisiva acrescentou ainda que, nos próximos meses, o grupo se tornava assim no “lar da democratização do desporto premium, profissional, semi-profissional, amador long-tail, new-tail, real e virtual”. Com este novo serviço global, a empresa vai complementar as plataformas regionais da Eleven na Europa e na Ásia.

A startup portuguesa lançou recentemente o MyCujoo Live Services (MCLS), um serviço de transmissão ao vivo de ponta a ponta, que oferece aos fãs experiências únicas de visualização e que “atraiu um interesse significativo no mercado de grandes detentores de direitos musicais e desportivos em todo o mundo”, lê-se no comunicado. Este serviço vai permanecer como entidade separada dentro do grupo.

A MyCujoo tem a missão de fornecer tecnologia acessível “para a não-elite do futebol poder transmitir ao vivo, mostrar e perceber o valor do seu conteúdo”. Como MCLS, a startup abriu a sua tecnologia a detentores de direitos que precisassem de uma solução flexível, que lhes permitisse oferecer experiências de topo, em minutos, aos fãs, onde quer que estes se encontrassem.

“Na Eleven encontramos um parceiro que não apenas partilha o nosso compromisso em celebrar o desporto local e de base, mas também em acelerar o potencial de transmissão inexplorado em vídeo ao vivo para organizações em todo o mundo”, afirmam os cofundadores em comunicado.

Os investidores da MyCujoo, que incluem a Go4it Capital, Sapphire Sport e Carsten Thoma, apoiaram a aquisição. O grupo e a startup começaram a trabalhar juntos em agosto, com a transmissão dos jogos do campeonato de futebol de Mianmar.