O homem suspeito de matar a irmã, grávida, e o pai, em Torres Vedras, no fim de semana, foi detido na madrugada desta segunda-feira na Amadora, disse à agência Lusa fonte da PSP. Segundo a fonte, o suspeito foi detido na Amadora e entregue à Polícia Judiciária, que está a investigar o crime.

Uma mulher grávida e o pai foram encontrados mortos no sábado, numa habitação em Santa Cruz, no concelho de Torres Vedras, distrito de Lisboa. As autoridades foram alertadas para o eventual crime pelas 11h30.

Mulher morta com arma branca em Torres Vedras estava grávida, diz PSP

Clientes da peixaria, da qual o homem era proprietário e que se situa junto à habitação, estranharam o estabelecimento estar encerrado e ninguém responder na habitação, segundo explicou à Lusa o comandante dos bombeiros de Torres Vedras, Fernando Barão.

Os populares alertaram bombeiros e autoridades que, depois de arrombarem a porta, vieram a encontrar o homem, entre os 50 e os 60, e a filha, de 37 anos, mortos em casa, devido a ferimentos provocados por arma branca.