A editora britânica HarperCollins vão publicar, em junho do próximo ano, um volume de ensaios inéditos de J.R.R. Tolkien sobre a Terra Média. Intitulado The Nature of Middle-eath, o livro reúne textos escritos por Tolkien nas décadas que se seguiram à publicação de O Senhor dos Anéis. Os temas tratados vão desde a imortalidade e reencarnação dos elfos às barbas, passando pela geografia de Gondor.

Em comunicado, o vice-diretor editorial da HarperCollins, Chris Smith, classificou The Nature of Middle-earth como uma “arca do tesouro”, capaz de fazer os leitores viajarem até ao mundo de O Senhor dos Anéis.

“É sabido que J.R.R. Tolkien publicou O Hobbit em 1937 e O Senhor dos Anéis entre 1954 e 1955. O que talvez é menos conhecido é que ele continuou a escrever sobre a Terra Média nas décadas que se seguiram até aos anos que antecederam a sua morte, em 1973″, disse Chris Smith. “Para ele, a Terra Média fazia parte de um mundo a ser explorado e os textos de The Nature of Middle-earth revelam as viagens que ele realizou para tentar compreender melhor a sua criação única.”

O volume, aprovado pelo Tolkien Estate, tem edição de Carl F. Hostette, especialista na obra do escritor inglês e diretor da Elvish Linguistic Fellowship, uma organização internacional dedicada ao estudo das línguas criadas por Tolkien. Hostette, que segundo o The Guardian é engenheiro informático na NASA desde 1985, colaborou com Christopher Tolkien, filho do autor.

Christopher, executor literário de Tolkien desde a sua morte, foi, até muito recentemente, o responsável pela publicação das obras do pai e o fiel guardião do seu espólio. Entre os trabalhos inéditos que deu a conhecer destaca-se Silmarillion, um conjunto de histórias mitológicas da Terra Média dadas a conhecer em 1977, depois de um trabalho de organização e compilação que lhe levou quatro anos. Chistopher Tolkien morreu em janeiro deste ano, aos 95 anos.

Morreu Christopher Tolkien, filho do autor de “O Senhor dos Anéis” e guardião da Terra Média