O Governo português, através do instituto Camões, e a Rede Aga Khan para o Desenvolvimento (AKDN) procedem esta sexta-feira à doação de material médico de proteção contra a Covid-19 na província de Maputo.

“O esforço conjunto do Governo da República Portuguesa, através do Camões [- Instituto da Cooperação e da Língua], e da AKDN permitirá disponibilizar gratuitamente máscaras cirúrgicas e batas descartáveis de protecção individual a pessoal médico e outros profissionais de saúde, que se encontram na primeira linha do combate à pandemia”, indica um comunicado oficial distribuído à comunicação social.

O apoio é composto por 100.000 máscaras cirúrgicas e 5.000 batas descartáveis de protecção individual para pessoal médico e outros profissionais de saúde, refere o documento.

Moçambique contabiliza um cumulativo de 14.723 casos, 120 óbitos e 12.849 (87%) de pessoas dadas como recuperadas, segundo as últimas atualizações.

Em África, há mais de 48 mil mortos confirmados em mais de dois milhões de infetados em 55 países, segundo as estatísticas mais recentes sobre a pandemia naquele continente.