A Ibersol registou um prejuízo de 36,9 milhões de euros até setembro, valor que compara com um resultado líquido positivo de 10,5 milhões de euros, apurado em igual período do ano anterior, foi esta sexta-feira comunicado ao mercado.

O resultado líquido consolidado no final dos primeiros nove meses atingiu o valor de -36,9 milhões de euros, que compara com o registado em 2019 no montante de 10,5 milhões de euros”, lê-se no comunicado remetido à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

No documento, a empresa lembrou que o “encerramento abrupto” em março e o período de confinamento devido à pandemia de Covid-19, durante o qual 73% dos restaurantes operados pelo grupo estiveram encerrados, “penalizaram severamente o desempenho operacional”, não tendo sido possível “ajustar as rubricas de custo à redução de vendas”, o que acabou por levar à perda de rentabilidade.

Porém, a retoma gradual da atividade, no terceiro trimestre, bem como a conclusão da negociação com parte dos proprietários dos restaurantes permitiu “minimizar as perdas resultantes da redução de 40% da atividade”.