Portugal é o quinto país da União Europeia com a mais baixa taxa de mortalidade por cancro da mama estimada para 2020, segundo um relatório da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE) esta quinta-feira publicado.

O relatório estima em 28 mortes por 100 mil mulheres a taxa de mortalidade por cancro da mama em Portugal em 2020.

Os dados constam na edição de 2020 do relatório “Visão geral da saúde: Europa”, que inclui múltiplos indicadores de saúde.

Melhor nas estatísticas do que Portugal, só Espanha (23,8 por 100 mil), Finlândia (26,2), Suécia (27,0) e Lituânia (27,8). Pior surgem Chipre (49,3 por 100 mil), Eslováquia (43,8) e Polónia (41,8).

A taxa de mortalidade por cancro da mama esperada para 2020 em toda a União Europeia é de 34,1 mortes por 100 mil mulheres.

O relatório da OCDE ressalva, no entanto, que as estimativas não têm em conta o eventual impacto da pandemia da Covid-19, que “interrompeu severamente” programas de rastreio e tratamento do cancro da mama no primeiro semestre de 2020.