A Câmara do Barreiro vai investir 380 mil euros na automatização da tarifa social da água, a partir de 2021, o que irá beneficiar cerca sete mil famílias do concelho, anunciou esta terça-feira a autarquia.

“São cada vez mais as pessoas a necessitarem de apoios e é nosso compromisso fazer o que está ao nosso alcance para mitigar o impacto negativo nas famílias”, justifica o vereador socialista Rui Braga, que detém os pelouros do Planeamento e Ordenamento do Território na Câmara do Barreiro, no distrito de Setúbal.

“Se, até 2020, as famílias tinham de preencher formulários, fazer requerimentos e ficar à espera para usufruir da tarifa social da água, a partir de janeiro de 2021 o desconto vai ser aplicado de forma automática, na fatura da água, ao final do mês”, acrescenta Rui Braga, em nota de imprensa divulgada pelo município.

O autarca da maioria PS na Câmara do Barreiro considera que “é crucial para o município adotar medidas que apoiem os seus munícipes e que os possam, realmente, ajudar, face ao tempo de pandemia e incertezas em que vivemos”.

As tarifas sociais destinam-se a pessoas que auferem baixos rendimentos anuais ou que dependem do subsídio de desemprego, do rendimento de inserção, da pensão de invalidez e de velhice, entre outras situações.