Cerca de 70% dos portugueses cumpriram o recolher obrigatório durante sábado e domingo após as 13h00 nos municípios abrangido pela medida. “Houve um grande e exemplar cumprimento do confinamento”, avança um estudo realizado pelo PSE (Produtos e Serviços de Estatística), que também adianta que são números “semelhantes” aos do anterior fim de semana.

Apesar das restrições imposta da parte da tarde, só 10% dos portugueses é que não saíram de casa no fim de semana de 21 e 22 de novembro. “Houve grande mobilidade nas partes da manhã, em especial no sábado, mas também no domingo”, conclui o estudo.

No sábado, às 13h00, 70% dos portugueses já estavam em casa. Uma hora depois, a percentagem da população que já tinha regressado ao lar já estava nos 80%. E cerca de 52% dos portugueses nem sequer saíram de casa no sábado.

Em relação a domingo, não saíram da sua residência mais pessoas: foram 62,2%. E aproximadamente 78% dos portugueses que saíram estavam em casa às 13h00, sendo que às 14h00 a percentagem aumentou para 83%.

Aqueles que saíram apressaram-se a recolher a casa: “Foi evidente […] que entre as 12h00 e as 14h00 cerca dos 27% dos portugueses apressaram a recolher-se a casa, neste sábado”. Os dados do domingo foram de 20%, mas o estudo salienta que “o nível de confinamento já era superior ao de sábado, pela mesma altura”.

As compras foram o principal motivo para os portugueses se deslocarem. Cerca de 29% dos portugueses que foram à rua tinha como destino estabelecimentos comerciais. E 48% dos portugueses que foram às compras optaram por sair entre as 11h e as 13h.

Relativamente às distâncias de deslocação, o estudo conclui que “62,5% fizeram deslocação na proximidade, até 20 km no máximo”.