Um surto de Covid-19 no Centro Social de Belazaima do Chão, em Águeda, distrito de Aveiro, provocou a morte de um utente, infetou outros 10 e quatro colaboradoras, que permanecem isolados naquelas instalações, revelou esta terça-feira fonte municipal.

Numa nota de esclarecimento, a Câmara de Águeda, no distrito de Aveiro, refere que, “logo que foram conhecidos os resultados [dos testes efetuados]”, foi processada a retirada do centro social dos utentes com resultado negativo, “numa ação rápida e concertada” entre a instituição, a autarquia, a União de Freguesias de Belazaima do Chão, Castanheira do Vouga e Agadão e os Bombeiros Voluntários de Águeda, “com o acompanhamento do Delegado de Saúde de Águeda”.

A Câmara dá conta de que todos os utentes que testaram negativo, ou seja, os que não estariam infetados, foram retirados do Centro Social e instalados na antiga creche da instituição, onde tem funcionado o centro de dia.

A Câmara Municipal disponibilizou todas as camas elétricas articuladas necessárias para que os utentes ficassem acomodados com toda a dignidade e adequado conforto”, assegura.

Um dos 11 utentes do Centro Social testados positivos foi internado, no Hospital de Aveiro, na sexta-feira, e veio a falecer, elevando para dois o número de mortes com Covid-19 no concelho de Águeda, desde o início da pandemia, refere a câmara.

No entanto, explica a autarquia, tratava-se de um sexagenário “com múltiplas patologias e totalmente dependente”.

“Em nome do município, lamento este segundo óbito no concelho de cidadãos com Covid e apresento as mais sinceras condolências a todos os familiares e à instituição”, declara Jorge Almeida, presidente da Câmara Municipal de Águeda.

A Câmara refere que mais um utente do Centro Social de Belezaima do Chão que foi internado no dia 11 no Hospital Infante D. Pedro, em Aveiro, e que à entrada havia testado negativo para a Covid-19, “quando se preparava para ter alta, na sexta-feira, foi novamente testado para, de acordo com as regras de controlo da pandemia, poder entrar novamente na instituição, tendo resultado sido positivo, pelo que continua internado naquela unidade hospitalar”.

Segunda-feira, um outro utente do Centro Social foi internado no Hospital de Aveiro, “com sintomatologia aparentemente não relacionada com o vírus”.

Portugal contabiliza pelo menos 3.971 mortos associados à Covid-19 em 264.802 casos confirmados de infeção, segundo o último boletim da Direção-Geral da Saúde (DGS).