O Hospital de Chaves, no distrito de Vila Real, começou recentemente a receber doentes com Covid-19, internados em enfermaria, e tem atualmente 19 profissionais infetados, adiantou hoje à Lusa fonte da unidade hospitalar.

Em resposta escrita enviada à agência Lusa, o Centro Hospitalar de Trás-os-Montes e Alto Douro (CHTMAD) explicou que atualmente no Hospital de Chaves estão oito doentes “internados em enfermaria positivos para SARS-COV-2”.

Esta unidade dispõe de 24 camas dedicadas a esta patologia, podendo este número ser atualizado em função das necessidades”.

Fonte do centro hospitalar adiantou ainda que apenas recentemente aquela unidade começou a receber doentes Covid-19, pois até então os casos em internamento estavam concentrados no hospital sede, em Vila Real.

O CHTMAD destacou também que o Hospital de Chaves tem atualmente 19 profissionais infetados com o novo coronavírus.

Foram realizados 299 testes de rastreio, dos quais 280 deram negativo e 19 positivo, acrescentando, ainda, que estão a ser cumpridas todas as orientações emanadas pela Direção-Geral da Saúde (DGS)”.

O conselho de administração do CHTMAD garantiu ainda que na unidade hospitalar de Chaves “estão acauteladas todas as medidas de segurança, tanto para profissionais como para utentes”, e assegurou “o normal funcionamento desta unidade”.

Segundo o boletim epidemiológico da Unidade de Saúde Pública do Alto Tâmega e Barroso, registavam-se no domingo 601 casos ativos de Covid-19 no concelho de Chaves, 665 recuperados e 54 em isolamento, sendo a taxa de ataque nos últimos 14 dias de 1685,2 casos por 100 mil habitantes.

Na sexta-feira, a Administração Regional de Saúde (ARS) do Norte adiantou à Lusa que cinco lares de idosos do concelho de Chaves registavam 191 casos de Covid-19 em utentes e 74 casos em funcionários.

A unidade hospitalar de Chaves é ainda referência para os concelhos de Montalegre, que soma 74 casos na fase ativa da doença, Valpaços (147) e Boticas (42).

A pandemia de covid-19 provocou pelo menos 1.453.074 mortos resultantes de mais de 62,5 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 4.427 pessoas dos 294.799 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.