A Polícia Judiciária apreendeu, num centro logístico situado a norte de Lisboa, uma quantidade de canábis suficiente para cerca de 360 mil doses individuais que se encontrava dissimulada no interior de banheiras de hidromassagem.

Em comunicado divulgado esta sexta-feira, a PJ adianta que esta operação de combate ao tráfico internacional de droga foi desencadeada nos últimos dias durante a qual foi possível apreender a referida quantidade de canábis escondida dentro de banheiras que tinham chegado recentemente a Portugal por via terrestre.

A investigação vai continuar para que sejam identificados os presumíveis autores do crime.