A câmara de Vila Nova de Gaia decidiu esta segunda-feira lançar um concurso para a construção de dois parques infantis, um dedicado à Abelha Maia a localizar no Candal, e outro ao Pinóquio, no Jardim Soares dos Reis, Mafamude.

O investimento nestes dois parques temáticos ronda os 635 mil euros, de acordo com a proposta esta segunda-feira aprovada em reunião de câmara pela maioria socialista, com os votos contra do PSD. Em causa está avançar com dois dos 12 equipamentos da rede de parques infantis temáticos anunciada em janeiro de 2019.

O presidente da câmara de Vila Nova de Gaia, Eduardo Vítor Rodrigues, recordou que o objetivo deste projeto é a criação de uma rede de parques que ficarão distribuídos pelas várias freguesias, tendo esclarecido o porquê das personagens que fazem parte dos vários lotes do projeto.

São 12 parques com vários temas: a Bela Adormecida, a Abelha Maia, o Pinóquio, Tom Sawyer, a Heidi (…) e poderiam perguntar ‘porque não o Mickey ou outras figuras?’. A escolha dos bonequinhos está muito cingida a não pagarmos balúrdios de direitos de autor”, descreveu o autarca socialista.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Esta segunda-feira foi aprovado o concurso que permite avançar com a construção do parque dedicado à Abelha Maia no jardim localizado no Candal, bem como o do Pinóquio no Jardim Soares dos Reis, em Mafamude.

É um investimento mais significativo, mas permite-nos ter um percurso de parques temáticos no concelho, criar uma atração e requalificar espaços que necessitam”, disse Eduardo Vítor Rodrigues.

Mas esta lógica não convence por completo a oposição que disse “nada ter a opor à criação da rede de parques temáticos”, considerando que no Candal “o jardim teria de ser requalificado e o parque pode acrescentar alguma coisa”, mas já no que diz respeito ao Jardim Soares dos Reis manifestou reservas.

Vai descaracterizar a ligação forte de Soares dos Reis a Gaia. Defendemos a colocação destes parques nas freguesias. Este em concreto desvalorizará no local o que pretendemos valorizar. Não nos parece adequado colocar um parque temático desta natureza ali”, disse o vereador social-democrata Cancela Moura.

O presidente da autarquia defendeu que “a melhor homenagem a Soares dos Reis é requalificar o parque”, lembrando que o espaço estava “votado a algum desleixo”.

E a zona do Pinóquio não fica na parte mais emblemática do jardim, a que está mais relacionada coma homenagem a Soares dos Reis. O jardim, conforme o conhecemos, vai manter a sua estrutura icónica, acrescentando-se um parque e também um circuito canino”, referiu Eduardo Vítor Rodrigues.