Criar uma empresa a partir de uma ideia ou de uma paixão é apenas o primeiro passo. Como Steve Jobs disse no famoso discurso de formatura em Stanford, em 2005: “o trabalho vai preencher uma parte grande da sua vida, e a única maneira de ficar realmente satisfeito é fazer o que acredita ser um ótimo trabalho. E só poderá fazer um excelente trabalho se amar o que faz”. Mas, se este é o passo mais importante, não deixa de ser, ainda assim, o primeiro de um longo caminho.

Para manter este estado de namoro num nível equilibrado e promotor de sucesso, são necessárias outras condicionantes ao longo do tempo. O consultor estratégico Martin Reeves, autor do livro “Your strategy needs a strategy” (ed. Harvard Business Review Press, 2012), revela que há seis princípios que determinam a longevidade de uma empresa: redundância, diversidade, capacidade modular, adaptação, prudência e incorporação num sistema mais vasto. E, numa época como a que vivemos, em que encaramos uma realidade totalmente desconhecida até agora – como a de uma pandemia a nível mundial –, nunca foi tão necessário repensar processos e perceber o que pode realmente fazer a diferença.

Segredos para uma boa gestão

A capacidade de adaptação, mantendo o foco, parece ser a tábua de salvação de muitos negócios, assim como a gestão de qualidade dos recursos humanos e financeiros, aliada à gestão de tempo. Quando bem desempenhado, tudo isto faz com que seja mais fácil eliminar tarefas inúteis ou sobrepostas e evitar gastos desnecessários. A saúde de uma empresa a este nível é reveladora da sua robustez financeira, mas também da satisfação dos seus colaboradores e clientes. Todavia, para conseguir sucesso em todos estes níveis referidos, há que manter uma estrutura organizada, em que cada componente funcione da melhor maneira possível, promovendo o bom funcionamento do todo.

Tendências da gestão de serviços para o futuro

Mostrar Esconder

Em janeiro de 2019, no Fórum Económico Mundial, Martin Reeves, Rich Lesser e Kevin Whitaker, especialistas em identificar tendências de gestão, indicaram o que supõem ser o caminho para os próximos anos. Referiram que a “onda emergente” de tecnologia, que inclui sensores, a “internet das coisas” (IOT) e  a inteligência artificial, irá transformar todas as atividades em negócios de informações. O facto de termos acesso a mais dados disponíveis, melhores ferramentas para descodificar esses dados e assistirmos a uma mudança cada vez mais rápida de todos estes elementos, faz com que as empresas estejam continuamente a precisar de assimilar esta evolução, aproveitando a tecnologia para identificar e atender às necessidades de mudança de cada cliente. A Verizon Connect coloca-se a par destas visões e traça o seu caminho futuro, destacando as três tendências de gestão de serviços que considera determinantes.

Automação
A expectativa é tornar as atividades mais fáceis, rápidas e eficazes para todos os envolvidos, especialmente para os clientes. Os softwares de gestão serão, neste caso, um dos elementos mais importantes para o crescimento das empresas pois permitirão tomar decisões mais adequadas em cada momento. Ao identificar a melhor solução, procuram garantir as funcionalidades mais adaptáveis à rotina de cada negócio, indo ao encontro dos seus objetivos e necessidades, retirando o peso da burocracia, permitindo cruzar informação e integrá-la noutras plataformas.

Tomada de decisão suportada em informação de gestão
Os processos automatizados identificados anteriormente, irão gerar mais poder analítico aos colaboradores e permitir a definição de métricas, passíveis de identificar e avaliar padrões. Desta forma, estará facilitada a tarefa de tomada de decisões, bem como o diagnóstico rápido de oportunidades e de fragilidades.

Integração de sistemas
O software desenvolvido atualmente é, cada vez mais, integrado, intuitivo, fácil de utilizar e voltado para o cliente. Tem como objetivo proporcionar experiências cada vez melhores, para satisfazer o cliente e fidelizá-lo. Para isso, é preciso acompanhar o seu percurso no processo de aquisição do serviço (do início ao fim) e criar estratégias para que se sinta confortável e acolhido em todas as etapas.

Quando se trata da gestão de serviços externos, o processo é ainda mais desafiante pois as elevadas expectativas do mercado e dos clientes, a crescente importância dos comentários online, bem como a maior complexidade técnica dos serviços e a concorrência, fazem com que seja necessário encontrar estas novas oportunidades de otimizar as operações, prestando um melhor serviço ao cliente e, consequentemente, fazendo crescer o negócio.

Tendo estas necessidades em mente, nos últimos anos têm surgido cada vez mais propostas de software que ajudam a prestar melhores serviços nas diferentes etapas da organização de uma empresa, sobretudo quando é necessário conciliar o trabalho (e agendas) de colaboradores, clientes e de uma frota de automóveis. O Reveal Field, da Verizon Connect, é disso exemplo. Empresa líder, em Portugal, na área de localização de frotas por GPS, a Verizon Connect apresenta uma solução criada para ajudar a reduzir custos operacionais, que combina uma solução de gestão de serviços com a solução de telemática – já disponibilizada pela empresa – e que ajuda a tomar decisões mais rápidas e a prestar um melhor serviço.

Cumprindo a exigência de produção de serviços modulares, conforme preconiza Martin Reeves, bem como de adaptação às necessidades dos clientes, a Verizon Connect tem apostado nos avanços tecnológicos para oferecer possibilidades cada vez mais eficientes. Desde o uso da localização da frota por GPS, que já muita coisa passou por baixo da ponte, no que diz respeito à gestão de equipas móveis. Hoje, é possível ligar clientes e colaboradores, impulsionar a eficiência operacional, aumentar os níveis de segurança e melhorar a qualidade do serviço prestado mais facilmente. Através da aplicação Reveal Field, é possível ver o que se passa no terreno de forma fácil e praticamente em tempo real. Ao identificar a localização da equipa – em mapas de alta resolução – podem enviar-se os colaboradores mais próximos ao local onde são necessários, chegando mais rapidamente aos clientes, reduzindo o consumo de combustível e controlando melhor as horas trabalhadas (diminuindo os custos com horas extraordinárias). Ao usarem as informações do mapa interativo e da agenda, os gestores de tarefas podem, ainda, reagir de forma mais rápida a serviços urgentes, cancelamentos e outras alterações de última hora.

Além disso, é uma ferramenta de apoio a uma gestão a médio e longo prazo, já que permite ver tendências importantes por equipa, por departamento ou em toda a frota, analisando os indicadores de gestão, de progresso, e os orçamentos. Tem como vantagem adicional a de necessitar apenas de um computador com ligação à Internet e de um browser atualizado. Qualquer telefone Android ou Apple pode ser usado para aceder a informações chave sobre os veículos da sua frota e a execução do trabalho diário.

Gerir expectativas

Este tipo de software vai ao encontro das tendências que determinam o futuro da gestão de serviços, como a automação e a tomada de decisão suportada em informação de gestão de sistemas.  Derek Bryan, Vice Presidente EMEA, da Verizon Connect, acredita que, “atualmente, os avanços tecnológicos crescem a uma velocidade exponencialmente maior do que alguma vez na história, e o seu impacto nas empresas não é possível de ser quantificado. Olhando para o futuro acredito que a Inteligência Artificial, que nesta área está intrinsecamente ligada ao poder computacional dos veículos, será fundamental para a nossa indústria”. Acrescenta ainda que “o reconhecimento de voz irá começar a emergir como uma ferramenta útil para os gestores de frotas. Esta tecnologia está lentamente a substituir pesquisas escritas e pode melhorar significativamente o trabalho de equipas móveis uma vez que a atualização de informação, a ativação de tarefas e a comunicação com o escritório e gestores poderá ser feita apenas utilizando a voz, e consequentemente criando uma experiência de trabalho em campo mais segura e eficiente.”

Não teremos nunca a certeza do que o futuro nos reserva, mas pode tentar prever-se e trabalhar no sentido de garantir que se está no caminho do sucesso. E esse parece ser o segredo do Reveal Field da Verizon Connect.