Apostada em apresentar soluções de mobilidade urbana, a Seat criou uma marca especificamente para propor alternativas de micromobilidade sustentáveis, a Mó, cujo portefólio de produtos assenta exclusivamente em duas rodas. Por um lado, com a trotineta eKickscooter 65 e, por outro, com a eScooter 125, a primeira moto do construtor espanhol, que começa agora a ser produzida, estando previsto que a sua chegada ao mercado português ocorra na segunda metade do próximo ano.

Muito antes disso, já a partir de 16 de Dezembro, a eScooter 125 vai estar disponível em 18 concessionários espanhóis, para depois rumar a outros cinco países europeus, nomeadamente Alemanha, França, Itália, Áustria e Suécia.

MÓ. Nova marca da Seat para pôr a cidade a mexer

Para conceber a sua moto, a Seat elegeu a especialista em motocicletas eléctricas Silence, também ela uma empresa sediada em Barcelona. A produção arrancou na unidade fabril da Silence, localizada em Sant Boi de Llobregat, Barcelona.

A eScooter 125 apresenta-se em três cores mate (Daring Red, Aluminium Grey e Oxygen White) e é proposta por valores que se iniciam nos 6250 euros€ (5.500€ com o plano MOVES II), havendo ainda a possibilidade de financiamento a partir de 3€/dia (por 48 meses).

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

A moto eléctrica da Seat está limitada a 95 km/h de velocidade máxima e anuncia uma aceleração de 0 a 50 km/h em 3,9 segundos. Equivalente a uma 125cc, a eScooter 125 é animada por um motor eléctrico de 7 kW (10 cv), com uma potência máxima de 9 kW (12 cv). A alimentá-lo está um pack de baterias que assegura uma autonomia de até 137 km, podendo o acumulador ser removido para facilitar a recarga. Por exemplo, em casa, no período em que a energia é mais barata.