Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

O Que Vamos Construir

De Oliver Jeffers (Orfeu Negro). 15€

Quando foi pai pela primeira vez, Oliver Jeffers resolveu explicar ao filho como é isto aqui na Terra – e como é importante respeitar as pessoas e o planeta. Com o nascimento da filha, nasceu também um segundo livro cheio de esperança e de “planos para um futuro comum”. Com amor e um martelo – as ferramentas necessárias – , pai e filha constroem coisas reais e imaginárias: uma porta para uma casa ou uma estrada até à lua, num livro carregado de ternura e que ensina, mais uma vez, a respeitar o próximo. Sem dúvida, um dos grandes lançamentos do ano.

Sayid Manuel

De Catarina Gomes (Trinta Por uma Linha). 13,95€

“A minha dona achou que a minha vida dava um livro… por isso, aqui estou eu!”, explica Sayid Manuel na contracapa. E assim nasceu esta biografia ilustrada de um gato, imaginada por Catarina Gomes e contada na primeira pessoa com humor. Da escolha do nome às idas ao veterinário, com as peripécias de uma mudança de casa e de novos membros na família pelo meio, Sayid Manuel é, ao contrário do que dizem as superstições, um gato preto cheio de sorte. E agora famoso.

Fábulas de Esopo

Adaptação de Elli Woollard, ilustrações de Marta Altès (Fábula). 16,59€

São oito histórias intemporais que aqui ganham nova vida graças a uma combinação inspirada: as ilustrações riquíssimas de Marta Altès e a narração em verso, cheia de ritmo e humor, que Elli Woollard construiu a partir das fábulas de Esopo (e Susana Cardoso Ferreira bem traduziu). Entre as oito histórias contam-se “A Lebre e a Tartaruga”, “O Rapaz e o Lobo” ou ainda “O Rato da Cidade e o Rato do Campo”, numa coletânea de capa dura, para passar de geração em geração, daqueles que são considerados uns dos primeiros contos morais da História.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Desenhar Animais é Fácil

De Robert Lambry (Arte Plural). 15,50€

Há 100 anos, o artista francês Robert Lambry começou a publicar num jornal infantil uma série de lições para as crianças desenharem animais passo a passo. Criadas ao longo das décadas de 1920 e 1930, essas lições viriam a ser reunidas num livro – em boa hora reeditado em Portugal. O estilo vintage é encantador, e são mais de 100 animais para desenhar a partir de traços e formas geométricas simples. Na página da esquerda fica a lição, na da direita todo o espaço necessário para pôr o lápis à prova e fazer nascer cavalos, elefantes, rinocerontes e leões.

Maldita Matemática

Texto de Arkádi Avértchenko, ilustrações de João Fazenda (Bruaá). 15€

Como informa a contracapa, Maldita Matemática é um dos contos do satirista russo Arkádi Avértchenko (1881-1925), fundador e diretor da “histórica revista Satiricon”. É também o texto que serve de base a mais um improvável livro infantil editado pela Bruaá, neste caso com ilustrações originais de João Fazenda. O protagonista é Semion Pantalíkin, que vamos encontrar sentado na secretária a suar em bica com o ”problema de matemática diabolicamente complicado” que o professor lançou. “Fantasista e sonhador”, o jovem protagonista rapidamente se perde a romancear cada parte do enunciado, levando-nos com ele a tentar perceber quem são os dois camponeses que saíram do ponto A na direção do ponto B, qual o seu aspeto e as suas intenções. Ou seja, humor garantido, mais uma vez.

Eu Vou Ser

Texto de José Jorge Letria, ilustrações de André Letria (Pato Lógico). 15,90€

É um mundo de possibilidades que se abre em Eu Vou Ser. Um livro-jogo com cada página cortada em três que permite conjugar palavras e personagens num “total de 4096 combinações possíveis”. O livro foi feito pela dupla Letria (pai e filho) para celebrar o 30º aniversário da Convenção sobre os Direitos da Criança e é não só um exercício lúdico – da família do famoso “Cadáver Esquisito” –, mas uma homenagem ao poder da imaginação e do sonho.

Menino, Menina

De Joana Estrela (Planeta Tangerina). 12,90€

Joana Estrela desmonta uma pergunta que começa a ser feita logo na gravidez: “menino ou menina”? A rimar, e com as próprias ilustrações da autora a encherem as páginas, sucedem-se os estereótipos, do azul ou rosa ao cabelo curto ou comprido, calção ou vestido, ballet ou futebol. Uma forma bem humorada de ver para além dos géneros e de aceitar as diferentes identidades, com um tema caro à ilustradora resumido numa frase: “Homem, mulher, cada um o que quiser”.

Uma Pequena Semente

Texto de Mar Benegas, ilustrações de Neus Caamaño (Akiara). 12,50€

Não toca música, mas é o chamado livro-acordeão, que se desdobra como esse instrumento musical. Um formato novo no catálogo da Akiara, aqui usado para contar a história de Uma Pequena Semente desde o momento em que cai ao chão até se transformar numa árvore frondosa. De um lado contado debaixo de terra, do outro mais perto do céu, o livro comete a proeza de viajar pelo ciclo da natureza sem sair do mesmo sítio. Uma história circular pintada em traços minimalistas e com recurso a apenas quatro cores improváveis: azul, branco, vermelho e preto.

Síul, Epilif e o Grande Zigomático

Texto de Nuno Artur Silva, ilustrações de Pierre Pratt (Bertrand). 12,20€

Escrito por um dos mais famosos humoristas portugueses, Síul, Epilif e o Grande Zigomático junta um rapaz que está sempre sério e outro que está sempre a rir. Entre consultas para tentar resolver o mistério de tanta seriedade, truques de magia e nomes ao contrário, Nuno Artur Silva tira da cartola uma história original sobre a amizade, com uma piscadela de olho aos cómicos – “uma maneira de ser miúdo quando se é crescido”.

Noa

Texto de Susana Cardoso Ferreira, ilustrações de Raquel Costa (Oficina do Livro). 12,50€. Idade: +9

Várias páginas pintadas de azul escuro alternam com outras ilustradas por Raquel Costa e cheias de cor. É entre estes dois universos opostos – escuridão e luz – que se situa Noa, um livro sobre a perda mas também sobre a vida que pode haver depois da morte. Passada numa ilha, a história imaginada por Susana Cardoso Ferreira começa no momento em que a protagonista fica orfã, depois de um trágico acidente no mar. Com o desaparecimento dos pais, Noa perde também a vontade de falar e de estar com outras crianças. Uma viagem sensível ao tempo do luto e à reconfiguração das famílias, com uma coleção de personagens marcantes – incluindo um corvo chamado Agosto.

Grandes Amigos

Texto de Linda Sarah, ilustrações de Benji Davies (Orfeu Negro). 14,50€

Duas caixas de cartão e dois amigos inseparáveis são a conta perfeita para as brincadeiras intermináveis de Nico e Zé. Mas um terceiro menino vem perturbar este equilíbrio – pelo menos para um deles. Grandes Amigos marca o regresso das ilustrações inconfundíveis de Benji Davies às livrarias e é uma história sobre partilha e sobre abrir o coração à novidade, ao mesmo tempo que recupera o imaginário vintage, quase Tom Sawyer, das brincadeiras ao ar livre, com muito poucos recursos mas imensa imaginação.

Gosto, Logo Existo

Texto de Isabel Meira, ilustrações de Bernardo P. Carvalho (Planeta Tangerina). 17,90€. Idade: +12

É um desafio ambicioso mas fundamental aquele a que se propõe Gosto, Logo Existo: levar os nativos digitais – para quem não há um antes da internet – a “fazer uma pausa” e questionar a forma como o mundo mudou com os computadores e smartphones. Das redes sociais ao “estranho vírus” das fake news, a jornalista Isabel Meira alerta para o perigo da desinformação e da sobre-exposição do que se partilha, para a solidão digital e o cyberbullying, entre outros temas atuais, num livro ilustrado por Bernardo P. Carvalho que “acredita que é importante fazer perguntas e que as respostas não estão todas no Google”.

Histórias de (En)contar de um Lobo que não Gostava de Matemática

Texto de Maria Francisca Macedo, ilustrações de Jaime Ferraz (Fábula). €14,39€. Idade: +6

O famoso lobo mau das histórias infantis é, afinal, também mau a matemática. Uma ideia original que Maria Francisca Macedo explora com humor e vivacidade nesta história de “encontar”, organizada numericamente de 1 a 10, e onde aparecem outras personagens familiares como o Capuchinho Vermelho e os três porquinhos. As ilustrações são de Jaime Ferraz, e no currículo a obra traz o Prémio Maria Rosa Colaço, na categoria de literatura infantil.

Capitão Rosalie

Texto de Timothée de Fombelle, ilustrações de Isabelle Arsenault (Orfeu Negro). 12,90€

Para leitores mais crescidos, Capitão Rosalie traz uma comovente história de guerra, contada da perspetiva de uma menina de cinco anos e meio, na França de 1917. O pai partiu para combater e a mãe trabalha todo o dia na fábrica de armamento da aldeia. Resta a Rosalie passar o dia a desenhar na escola “dos crescidos”, com um entendimento muito particular da realidade à sua volta. Escrito com enorme sensibilidade pelo professor e dramaturgo Timothée de Fombelle, o livro conta com as igualmente sensíveis ilustrações de Isabelle Arsenault (A Abelha e Mas Porquê?), que consegue transformar o cabelo ruivo da menina num autêntico ponto de calor e luz, num cenário de outra forma cinzento e desolador.

E Viveram Felizes Para Sempre

Texto de Isabella Grott, ilustrações de Valter Fogato (Bizâncio). 14€

O final das histórias de encantar vai ao jardim zoológico neste livro sobre “o amor no reino animal”. São factos e curiosidades para ficar a conhecer a forma como os animais acasalam  – alguns para a vida toda – e como agem para “fazer disparar o coração do amado ou amada”. Há abraços entre macacos (os gibões), danças que envolvem um presente simbólico – como o primeiro galho para a construção do ninho oferecido pelos machos patolas-de-patas-azuis às fêmeas –, ou até esculturas na areia feitas pelos peixes-balão. Não são fábulas, mas também são lições.

O Bolero de Ravel

Texto de José António Abad Varela, ilustrações de Federico Delicado (Kalandraka). 16€. Idade: +5

O leitor mais distraído ficará intrigado com a indicação “livro musical” na primeira página, já que não há botões à vista. Mas em nenhum momento a experiência será defraudada, muito pelo contrário. Por baixo da capa de O Bolero de Ravel está mais um volume da coleção “Música Clássica” da Kalandraka: uma história ilustrada que descreve, neste caso, a obra mais famosa do compositor Maurice Ravel, com um QR code no final para ouvi-la interpretada por uma orquestra sinfónica. Primeiro o tambor, depois a flauta e o clarinete – os instrumentos vão-se seguindo nas mãos dos músicos ilustrados por Federico Delicado como animais humanizados e garantem uma forma especial de descobrir e usufruir da música clássica.

Mia e a Montanha

De Kim Hillyard (Nuvem de Letras). 12,90€. Idade: +3

Mia é uma mosca. Minúscula em tamanho mas enorme na mensagem que traz. Porque Mia tem grandes planos, incluindo escalar uma montanha. Uma improvável protagonista num livro arrebatador, sobre a força de vontade, a persistência, o amor próprio e o poder de inspirar os outros.

A Orquestra

Texto de Avalon Nuovo, ilustrações de David Doran (Fábula). 17,69€. Idade: +8

Com um livro na mão como na plateia do São Carlos: nestas 80 páginas ficamos a conhecer de perto uma orquestra, da sua disposição no teatro às várias secções que a compõem. “As pessoas sempre fizeram música”, escreve Avalon Nuovo logo no início. Este livro pretende iniciar as crianças nesse fascinante mundo, num zoom in progressivo que mostra como funcionam vários instrumentos, sem esquecer a acústica das principais salas de concertos ou os mais geniais compositores.

Steve Jobs: Atrevam-se a Seguir a Intuição + Wangari Maathai: Plantar Árvores, Semear Ideias

De Steve Jobs e Wangari Maathai (Akiara). 10€ (cada)

Dedicada ao “poder da palavra”, a coleção Akiparla continua a crescer e acaba de publicar dois novos discursos. Um deles é dos mais famosos deste século e foi proferido por Steve Jobs aos alunos da Universidade de Stanford, em 2005 – é aquele onde o fundador da Apple partilha três histórias pessoais e deixa um conselho: “Mantenham-se insaciáveis. Mantenham-se insensatos.” O outro pertence a Wangari Maathai, a primeira mulher africana a receber o Nobel da Paz, e também a primeira a fazê-lo por causas relacionadas com o ambiente. São, como aliás toda a coleção, discursos capazes de inspirar qualquer leitor, mais uma vez numa edição bilingue, com o original em inglês ao lado, e (muito bem) acompanhados de ilustrações originais e de um comentário aprofundado com várias chaves de interpretação.

Abre a Porta, Toupeirinha! + Feliz Natal, Toupeirinha!

Texto de Orianne Lallemand, ilustrações de Claire Frossard (Bertrand). 7,70€ (cada). Idade: +2

Primeiros dois volumes de uma nova coleção protagonizada por uma Toupeirinha que, fechada na sua toca, abre generosamente a porta aos vários animais que procuram um abrigo do frio. Ideal para os mais pequenos descobrirem, no imaginário da floresta, temas intemporais como a solidariedade, a coragem, o espírito de equipa e a amizade.

Pokko e o Tambor

De Matthew Forsythe (Orfeu Negro). 14,50€

Pokko é uma rã e vive num cogumelo com os pais. É também a protagonista desta história com ecos de Flautista de Hamelin, em que toda a floresta está pacata até Pokko receber como presente um tambor. Como as próprias batocadas, o ritmo do livro impõe-se desde a primeira página e marca a estreia certeira de um novo autor no catálogo sempre inspirado da Orfeu Mini.

No Ovo

De Emma Lidia Squillari (Kalandraka). 14€

Uma dúzia de ovos muito diferente da que se encontra no supermercado dá o pontapé de saída desta história inesperada. São 12 ovos com 12 crias de espécies distintas prestes a nascer. Assim que rebentam a casca, já não serão 12. E dizer mais é estragar a surpresa – o melhor mesmo é manter as ilustrações debaixo de olho para perceber o que está a acontecer e sorrir com esta abordagem divertida às leis da natureza.

A Aranha Antonieta e o AEIOU

De Vanessa Namora Caeiro. (Booksmile). 13,99€ Idade: +4

Ideal para quem gosta de brincar com as palavras – e para quem começou ainda agora a aprender o “aeiou” –, este livro é campeão em aliterações. Começam logo na primeira letra, com a aranha Antonieta do título – que vive “na aldeia das árvores amarelas” ao lado da “abelha Assobio” ou da “avestruz Alfinete” –, e continua vogais fora, até chegar à companhia do “urso Ulisses Unhacas”. Uma estreia educativa da artista Vanessa Namora Caeiro, com direito a um guião de leitura no final, desenvolvido por uma professora do Instituto Superior de Educação e Ciências de Lisboa.

Animais Ameaçados

Texto de Martin Jenkins, ilustrações de Tom Frost (Nuvem de Letras). 17,70€. Idade: +8

A mensagem é prioritária: existem no mundo dezenas de espécies ameaçadas, “quase sempre em resultado de ações humanas”. Este álbum ilustrado de grande formato junta 30, da baleia azul ao panda gigante, passando pelo urso polar da capa. Todos têm direito a uma dupla página com um resumo da sua evolução ao lado de um enorme selo ilustrado. Para que, nas mãos dos ambientalistas de amanhã, não sejam apenas mais cromos na caderneta dos que chegaram mesmo à extinção.

O Meu Livro de Mitologia

Texto de Sérgio Franclim, ilustrações de Raquel Costa (Booksmile). 13,99€. Idade: +9

Por Zeus! “As histórias fascinantes dos deuses e heróis da Grécia Antiga” foram resumidas e incluídas num álbum ilustrado. Trata-se de um trabalho original de uma dupla portuguesa onde se começa por explicar o que é a mitologia para mergulhar a fundo neste universo de personagens irascíveis, histórias épicas e sangrentas. Dos 12 trabalhos de Hércules ao mito de Pandora, são dezenas de curiosidades, nomes e tramas dos grandes pais da ficção. Aqueles que continuam a inspirar “muitas das histórias dos livros e dos filmes da atualidade”.

100 Mulheres Imigrantes Que Mudaram o Mundo

De Elena Favilli (Nuvem de Tinta). 18,80€

O terceiro volume das Histórias de Adormecer Para Raparigas Rebeldes traz um ângulo novo: mantém-se o foco na biografia de mulheres extraordinárias, mas neste caso imigrantes que mudaram de país – e mudaram o mundo. Entre as selecionadas pela jornalista Elena Favilli – ela própria imigrante, de Itália para os EUA, como partilha no prefácio – contam-se ativistas, realizadoras, atletas ou artistas, de Anna Wintour a Rihanna, passando plela “nossa” Carmen Miranda. Cada perfil é acompanhado de uma ilustração original, assinada também no feminino e com a participação portuguesa de Amalteia.

És Importante

De Christian Robinson (Orfeu Negro). 14€

A condizer com a época natalícia – mas válida para o ano inteiro – a mensagem de És Importante está expressa no próprio título. Christian Robinson dedica o livro a “quem não tem a certeza se faz a diferença” e mostra que todos – grandes ou pequenos, últimos ou primeiros, velhos ou novos – somos capazes.

A Semente da Compaixão

Texto de Dalai Lama, ilustrações de Boa Luu (Nuvem de Letras). 12,90€

Escrito na primeira pessoa, A Semente da Compaixão é a autobiografia de Dalai Lama contada às crianças. O Prémio Nobel da Paz partilha várias lições de vida e ensinamentos a partir da sua própria história e da infância passada no Tibete, onde foi reconhecido, pouco antes de fazer três anos, como a reencarnação do anterior Dalai Lama (líder espiritual). É a primeira vez que o monge budista se dirige ao público infantil – destinatários ideais para, como escreve “mudarem o futuro e construirem um mundo melhor”.

Histórias de Animais que Mudaram o Mundo

Texto de Marcelo E. Mazzanti, ilustrações de Mar Guixé (Nuvem de Tinta). 16,50€

Explorando o filão das biografias inspiradoras de pessoas de carne e osso, chega o volume que faz o mesmo em relação aos animais. São 50 contemplados, da famosa ovelha Dolly, que dá o pontapé de saída, a outros muito menos conhecidos, como Ming, a amêijoa que viveu mais de 500 anos, ou Ning Nong, a elefanta que salvou uma menina num tsunami.

O Tubarão na Banheira

Texto de David Machado, ilustrações de Paulo Galindro (Caminho). 12,50€. Idade: +7

Está de volta às livrarias o livro premiado onde David Machado provou – há exatamente 13 edições – que é um verdadeiro contador de histórias. Como deixa antever o título, esta envolve um tubarão na banheira mas também um narrador cujo grande passatempo é consultar o dicionário para encher o seu Caderno de Palavras Difíceis. Escolhendo uma para descrever o livro, terá de ser MIRABOLANTE.