Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

A Sport Auto levou o BMW M5 CS ao circuito de Lausitzring, a norte de Dresden e próximo da fronteira com a Polónia, para comparar o familiar mais assanhado da BMW com a concorrência. E aqui não estavam exclusivamente a pensar em modelos de dimensões generosas e características familiares, maiores e mais pesados, visando alargar a contenda a desportivos mais pequenos e ágeis.

Nas mãos de Guido Naumann, o M5 CS cumpriu uma volta em 1 minuto e 31,88 segundos, um valor muito respeitável para um modelo com um motor 4.4 V8 biturbo, com 635 cv, que depois passa a potência ao solo através de um sistema 4×4 e uma caixa automática de 8 velocidades. A potência é grande, mas o peso também, fixando-se nos 1900 kg, o que ainda assim não o impede de ir de 0-100 km/h em 3 segundos e atingir 305 km/h.

Com 1.31,88, o M5 CS bateu berlinas como o Jaguar XE SV Project 8 (1.32,15), Mercedes AMG GT 63 S (1.32,32) e os Porsche Taycan Turbo S e BMW M8 Gran Coupé Competition, ambos com 1.32,76.

Mas nem só as berlinas familiares desportivas ficaram para trás, uma vez que alguns coupés de duas portas, de características mais desportivas, também foram batidos pelo M5 CS. O Porsche 911 GT3, que rodou em 1.32,00, foi o adversário que a BMW mais gostou de bater, enquanto o melhor tempo no traçado germânico continua a pertencer ao Lamborghini Aventador SVJ, que rodou em 1.28,05.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR