Não há dúvida que, este ano, as doze badaladas serão bastante diferentes do que estamos habituados. Não vamos poder abraçar os nossos amigos, nem juntar-nos à multidão nas ruas; não vamos assistir aos concertos que se espalham um pouco por todo o país nem ver o fogo de artifício na praia; não vamos dançar numa festa pela noite dentro nem jantar fora. 2020 foi um ano de provações e perdas. Vamos aproveitar o seu fim para agradecer o facto de termos chegado até aqui. E, quando a meia noite soar, entre com o pé direito. Faça as suas resoluções, coma as doze passas, levante a nota no ar, salte com o pé direito e, acima de tudo, não deixe de acreditar que 2021 pode ser melhor.

Quer esteja em casa com um pequeno grupo de amigos ou com a sua família e filhos, a noite de 31 de dezembro não tem de ser chata. Ligue a música, bata as panelas e aproveite algumas das sugestões que lhe damos para terminar o ano. Adeus 2020.

1) Faça um quadro de memórias deste ano

Compre um quadro de cortiça e coloque toda a família a contribuir para o quadro de melhores memórias de 2020. Ensine os mais novos de que, apesar das circunstâncias, temos de ser gratos pelas pequenas coisas que ganhamos e o que, não obstante a pandemia, este ano nos ensinou e deu.

2) Crie uma árvore de Ano Novo

Faça uma árvore de Ano Novo, uma tradição popular na Rússia. Esta ideia foi criada por volta de 1600 pelo imperador Pedro I (Pedro, o Grande) e tornou-se um símbolo das festividades. Depois da Revolução Russa de 1917, que derrubou a monarquia, as “New Year Yolkas” foram banidas mas, em 1935, Joseph Stalin voltou a permitir as árvores como símbolo da felicidade e prosperidade das crianças soviéticas. Desde então, estas árvores tornaram-se um símbolo de esperança para o próximo ano e uma forma de, neste período, as pessoas ignorarem as diferenças religiosas e as divisões culturais.

3) Dance ao som das músicas da sua infância

Se vai juntar os seus melhores amigos de infância para jantarem em casa e celebrarem as doze badaladas juntos, faça uma playlist das músicas que, na vossa adolescência, gostavam de ouvir. A música tem a capacidade de nos transportar rapidamente para outros momentos, anos e vivências. E dancem como quando tinham quinze anos. Apaguem as luzes, liguem as velas, abram as janelas. 2020 já lá vai.

4) Faça uma lista de resoluções

Escreva as suas resoluções para o próximo ano. Não lhe chame desejos porque isso dá-lhes uma carga aleatória de que não pode controlar os seus planos. As resoluções são objetivos que pretende cumprir em 2021 e que, ao escrever no papel, está, pelo menos, a garantir que planeia fazer alguma coisa para lá chegar. Deixar de fumar? Terminar um curso? Fazer exercício? Mudar de emprego? Aprender uma língua? Lançar um negócio próprio? Escreva tudo o que planeia para si durante o próximo ano.

5) Abrace a tradição com uma festa a rigor

Quando olhamos para as fotografias dos nossos avós ou outros parentes mais velhos, vemos que todos se vestiam no seu melhor nas grandes ocasiões e festas. Porque não, este ano, fazer uma passagem de ano temática e, em família ou amigos, guardarem uma memória do ano de 2020 que não traga apenas recordações do isolamento?

6) Caça ao tesouro

Faça uma caça ao tesouro com os mais novos e esconda pistas pela casa. As pistas podem ser coisas que fizeram em família durante o ano e que vão levar a um tesouro escondido.

7) Jogos em família ou amigos

Jogos de tabuleiros, jogos de bebidas, de adivinhas… sentar toda a gente à volta da mesa, petiscar, beber e rir. Haverá melhor maneira de terminar o ano? Pelo menos, ninguém tem de conduzir a seguir.

8) Sem energia? Pijama party!

Não está no estado de espírito para festas e jogos? Não há problema. Há sempre uma pijama party. Com toda a família confortável, faça pipocas, vejam filmes ou façam uma maratona daquela série favorita.

Boas entradas em 2021!