Três utentes do Lar da Santa Casa da Misericórdia de Mértola (Beja) morreram nas últimas horas, na sequência do surto de SARS-CoV-2 registado naquela unidade, subindo para sete o número de óbitos, disse o provedor da instituição.

José Alberto Rosa indicou à agência Lusa que morreu no sábado à noite uma utente e este domingo mais dois, um homem e uma mulher.

De acordo com o provedor da Santa Casa da Misericórdia de Mértola, duas das três vítimas mortais estavam internadas no hospital de Beja.

Num universo de 71 utentes [incluídos os sete óbitos] do lar estão nesta altura infetados 59, que permanecem na Zona de Concentração e Apoio à População (ZCAP) de Mértola, criada no Pavilhão Desportivo Municipal da vila.

No sábado, o provedor da Santa Casa da Misericórdia de Mértola adiantou à Lusa que 36 funcionários da instituição também estão infetados com o vírus que provoca a covid-19, entre eles uma enfermeira e a diretora técnica, que estão “assintomáticos ou com sintomas ligeiros”.

Portugal soma hoje mais 73 mortes por covid-19 e 3.384 novos casos de infeção pelo novo coronavírus, segundo a Direção-Geral da Saúde (DGS).

O boletim epidemiológico da DGS indica ainda que estão internadas 3.044 pessoas, mais 186 do que no sábado, das quais 500 nos cuidados intensivos (+8).

Desde o início da pandemia, Portugal já registou 7.118 mortes e 427.254 casos de infeção pelo vírus SARS-CoV-2, estando hoje ativos 77.601, mais 926 do que no sábado.