Um homem de 30 anos foi detido por suspeitas de crimes de abuso sexual de crianças e pornografia de menores, factos que terão ocorrido no distrito de Setúbal, informou hoje a Polícia Judiciária (PJ).

Em comunicado, a PJ adianta que através do Departamento de Investigação Criminal de Setúbal identificou, localizou e deteve o homem por suspeita de fortes indícios da prática de um número ainda não concretamente apurado de crimes de pornografia de menores e abuso sexual de crianças.

A investigação efetuada permitiu apurar que o presumível autor, além de ser consumidor e distribuidor de pornografia de menores, terá, ao longo de cerca de dois anos, abusado sexualmente de uma menina, atualmente com 10 anos, aproveitando-se da relação de confiança e de proximidade que mantinha com a família da vítima, forçando-a a diversos contactos de natureza sexual”, precisa a PJ na nota.

O homem foi presente a primeiro interrogatório judicial, tendo-lhe sido aplicadas as medidas de coação de obrigação de apresentação diária no posto policial da área da residência, proibição absoluta de contactos com a vítima, e proibição em aceder ou utilizar a internet e as redes sociais.