Quatro pessoas ficaram soterradas após derrocada numa obra na freguesia São Pedro de Castelões, concelho de Vale de Cambra, distrito de Aveiro. Do acidente resultou um morto, dois feridos graves e um ferido ligeiro, confirmou o Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Aveiro à rádio Observador.

Derrocada em Vale de Cambra provoca um morto e dois feridos graves

As vítimas foram retiradas dos escombros e assistidas no local pela GNR e bombeiros de Vale de Cambra. Um dos feridos graves e o ferido ligeiro foram transportados para o Hospital de São Sebastião, em Santa Maria da Feira, e o outro ferido grave foi encaminhado para o Centro Hospitalar de Vila Nova de Gaia.

José Pinheiro, presidente da Câmara Municipal de Vale de Cambra, confirmou à rádio Observador, a partir do local, que as quatro vítimas eram trabalhadores da obra de requalificação do edifício e que foram atingidas por uma parede lateral do edifício.

É daquelas situações imprevisíveis. A obra estava com os andaimes montados, com a grua montada. É uma edificação com uma série de anos que estava a ser requalificada e uma das paredes — não sei se motivada pela humidade — desabou inesperadamente”, disse o presidente da câmara que acumula o pelouro da Proteção Civil municipal.

Estiveram presentes, no local, 24 operacionais apoiados por 11 viaturas para desencarceramento, assistência médica e transporte de doentes. No local está também uma Unidade Móvel de Intervenção Psicológica de Emergência do INEM.

A notícia tinha sido avançada pelo Jornal de Notícias que, citando a Proteção Civil, indicava que se tratava de um “desabamento de estruturas edificadas”. A rádio Observador confirmou que se tratava de um prédio em reconstrução que terá desabado por volta das 11 horas.