Rúben Amorim já se inscreveu no nível IV do curso UEFA PRO, ou seja, já pode ser considerado o treinador principal do Sporting na ficha oficial de jogo dos leões. Até aqui, Amorim era formalmente o adjunto de Emanuel Ferro, que assumia a posição de treinador e representava a equipa técnica nas flash interviews.

Rúben Amorim, o David sensato que aprendeu com Jesus mas quer ser Mourinho, encontrou o seu Golias

Até aqui, e por não ter o nível de treinador exigido pelas regulamentações da Liga para ser o técnico principal de uma equipa profissional do futebol português, Rúben Amorim não podia comparecer nas entrevistas rápidas depois dos jogos, tinha de usar máscara no banco durante as partidas e estava ainda impedido de dar indicações para dentro do relvado — ponto este, o último, que valeu várias reprimendas por parte das equipas de arbitragem e até processos disciplinares, desde os tempos do Casa Pia ao Sporting. O técnico concluiu a formação geral já durante este mês de janeiro e resta-lhe agora terminar a formação específica, algo que pode fazer no próximo mês de julho.

Assim, e segundo o jronal Record, o treinador leonino já poderá assumir declaradamente as funções de técnico principal no próximo jogo, na sexta-feira, contra o Rio Ave: o Sporting já terá mesmo entregue toda da documentação necessária na Liga de Clubes, de forma a provar a inscrição de Amorim no nível IV e a garantir que o treinador já poderá dar indicações na receção aos vilacondenses.