439kWh poupados com o Logótipo da MEO Energia Logótipo da MEO Energia
i

A opção Dark Mode permite-lhe poupar até 30% de bateria.

Reduza a sua pegada ecológica.
Saiba mais

Logótipo da MEO Energia

Adere à Fibra do MEO com a máxima velocidade desde 29.99/mês aqui.

Amarelos foram bem exibidos? Palhinha devia ter sido expulso? Os casos do clássico, em vídeo

Este artigo tem mais de 1 ano

João Pinheiro tentou controlar ao máximo a exibição do primeiro amarelo mas chegou ao intervalo com três cartões e acabou com sete, tendo expulsado Vítor Bruno do banco do FC Porto por protestos.

João Palhinha, aqui a discutir a bola com Corona, esteve no centro do caso do jogo ao arriscar o segundo amarelo com um corte com o braço
i

João Palhinha, aqui a discutir a bola com Corona, esteve no centro do caso do jogo ao arriscar o segundo amarelo com um corte com o braço

Carlos Rodrigues

João Palhinha, aqui a discutir a bola com Corona, esteve no centro do caso do jogo ao arriscar o segundo amarelo com um corte com o braço

Carlos Rodrigues

Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

O Sporting-FC Porto teve uma primeira parte relativamente calma e sem grandes casos para avaliação de João Pinheiro e restante equipa de arbitragem, incluindo o VAR. Entre os pedidos de Nuno Santos para Mbemba ver cartão amarelo numa falta dura no início do jogo, o único lance que levantou “dúvidas” (pelo menos antes das repetições) teve como protagonistas Adán e Uribe, onde o espanhol conseguiu desviar sem falta na área.

Até ao intervalo, e depois de ter tentando controlar ao máximo a ação disciplinar, João Pinheiro exibiu três cartões amarelos até ao intervalo, além de advertir também Sérgio Conceição no banco do FC Porto.

No segundo tempo, e com vários lances para amarelo à mistura, os ânimos aqueceram e Vítor Bruno, adjunto de Sérgio Conceição, acabou por ser expulso do banco do FC Porto após protestar um segundo cartão amarelo a João Palhinha, por ter cortado uma jogada com o braço, naquele que ficou como principal caso do clássico.

A página está a demorar muito tempo.

Ofereça este artigo a um amigo

Enquanto assinante, tem para partilhar este mês.

A enviar artigo...

Artigo oferecido com sucesso

Ainda tem para partilhar este mês.

O seu amigo vai receber, nos próximos minutos, um e-mail com uma ligação para ler este artigo gratuitamente.

Ofereça artigos por mês ao ser assinante do Observador

Partilhe os seus artigos preferidos com os seus amigos.
Quem recebe só precisa de iniciar a sessão na conta Observador e poderá ler o artigo, mesmo que não seja assinante.

Este artigo foi-lhe oferecido pelo nosso assinante . Assine o Observador hoje, e tenha acesso ilimitado a todo o nosso conteúdo. Veja aqui as suas opções.

Atingiu o limite de artigos que pode oferecer

Já ofereceu artigos este mês.
A partir de 1 de poderá oferecer mais artigos aos seus amigos.

Aconteceu um erro

Por favor tente mais tarde.