217kWh poupados com o Logótipo da MEO Energia Logótipo da MEO Energia
i

A opção Dark Mode permite-lhe poupar até 30% de bateria.

Reduza a sua pegada ecológica. Saiba mais

Logótipo da MEO Energia

O MEO ajuda-o a poupar, simule aqui.

Depressão Ignacio traz muito mau tempo este sábado. Domingo há eleições à chuva. Para a semana os termómetros podem chegar aos 20º

Depressão Ignacio é a quarta em pouco mais de uma semana e traz muita chuva e vento. Domingo de eleições ainda choverá, mas o tempo já vai aquecer. E para a semana os termómetros vão subir bastante.

Chama-se Ignacio, assim, em espanhol, porque o nome foi-lhe dado pelo serviço meteorológico de Espanha, o AEMET, e é a quarta depressão a passar por Portugal em poucos dias, depois da Gaetan, da Cristoph e da Hortense. Atravessa o país este sábado e traz de novo, muita chuva, vento forte e neve aos pontos mais altos. As regiões Norte e Centro serão as mais afetadas e a agitação marítima deve levar o Instituto do Mar e da Atmosfera (IPMA) a emitir avisos para alguns distritos. Bom para ficar em casa numa altura em que se pede isso mesmo, perante os números galopantes e assustadores da pandemia. Mas, estará já a perguntar, e domingo, dia de eleições presidenciais? Irá votar à chuva, sob algum vento, mas a tempestade já terá passado e será aquilo a que o IPMA chama um dia de inverno normal, até mais quente que o habitual.

https://www.windy.com/pt/-Incorporar-widget-na-p%C3%A1gina/widgets?rain,2021-01-24-15,40.781,-14.370,4

Aliás, essa é a boa notícia. Quer dizer, aquela que podia ser uma boa notícia, se não estivéssemos neste segundo confinamento, os passeios nas marginais ou nos jardins e parques não estivessem proibidos e não houvesse dever de recolhimento em casa: as temperaturas vão subir, e muito, na próxima semana, ficando muita acima da média para a época. Os termómetros podem atingir os 17ºC em várias cidades e permanecer assim até ao próximo fim de semana, com dias em que, a Sul, podem chegar aos 20ºC.

Comecemos pelo pior. Este sábado. A depressão Ignácio deve atingir Portugal de manhã, ficando centrada a norte/noroeste da Península Ibérica. Segundo o comunicado do IPMA, prevêem-se períodos de chuva, que serão por vezes fortes e persistentes no Minho e Douro litoral a partir da manhã, e em especial nas zonas montanhosas das regiões Norte e Centro, passando depois a regime de aguaceiros durante a tarde. Há possibilidade de queda de neve acima de 1200/1400 metros de altitude até ao início da manhã. O vento irá novamente intensificar-se, soprando forte durante a manhã (até 40 km/h) de sudoeste, com rajadas até 70 km/h no litoral a norte do Cabo Raso, e sendo forte (40 a 50 km/h), com rajadas até 100 km/h, nas terras altas. A agitação marítima mantém-se forte no litoral oeste, com ondas de noroeste com 4 a 4,5 metros e que diminuirão durante a madrugada.

Quanto a domingo, dia de votos, o tempo melhora um pouco. E aquece. Haverá ainda alguma chuva e vento, mas as temperaturas serão bem mais amenas, com máximas a atingir os 16ºC em Lisboa, por exemplo, e os 15ºC no Porto.

Presidenciais. Domingo de eleições com chuva, vento e temperaturas amenas

Segue-se depois uma semana meio tropical, quente e húmida. Quase sempre com chuva, mas com as temperaturas bastante acima da média para esta altura do ano. Lisboa terá vários dias com máximas de 17ºC, o Alentejo de 18ºC e o Algarve chegará aos 20ºC. Infelizmente, a tragédia da Covid-19 não permite aproveitar a dádiva da meteorologia.

Portugal continental afetado por passagem da depressão Hortense até sexta-feira

Depressão Gaetan traz muita chuva e vento forte. Segue-se a Christoph num comboio de tempestades

Veja então como vão estar as temperaturas e o tempo em várias capitais de distrito do país.

Recomendamos

A página está a demorar muito tempo.