Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

Richard Hammond dispensa apresentações, tal como a sua paixão por automóveis. Falou-se muito dele quando se despistou com o Rimac Concept One, no que constituiu a maior promoção para a marca croata de superdesportivos eléctricos, mas o infortunado acidente na Suíça está longe de ser o único a figurar no seu álbum de recordações. Das boas, guarda memórias e um exemplar muito especial, o Opel “Oliver”, que agora apresentou num vídeo destinado às redes sociais.

Se estranha o nome do modelo do construtor alemão, tem razão porque a Opel nunca produziu um “Oliver”. Na realidade, trata-se de um Kadett de 1963 que, por ter sido um bom companheiro de aventuras numa viagem de cerca de 1600 quilómetros por África, há cerca de 13 anos, mereceu da parte da estrela de televisão um nome próprio – tal como têm os melhores amigos.

O “best friend” de Hammond foi adquirido no Botswana em 2007, com o fito de protagonizar mais um dos épicos episódios do programa “Top Gear”. E não desiludiu: nunca lhe falhou e até chegou a afundar-se com o apresentador lá dentro. Lembra-se?

A intensidade do momento (e o facto de a cena ter de ser repetida) levaram Richard Hammond a integrá-lo na sua colecção pessoal. O Kadett de 1963 foi restaurado, mas acabou por voltar a ser vítima de “maus-tratos” quando foi emprestado para o casamento de um amigo que foi confrontado com uma árvore…

Nada como ver o vídeo e aceitar o desafio do apresentador, que quer colher opiniões acerca da melhor intervenção a fazer no Opel, a fim de melhorá-lo. Isto promete! No processo, veja como Hammond se entretém a explorar um novo filtro de Realidade Aumentada, criado especialmente para o novo Opel Mokka.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR