Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

A Apple disponibilizou na terça-feira uma atualização para o iOS 14 que corrige falhas de segurança que deixaram os equipamentos da marca, como iPhones e iPads, vulneráveis a ataques de hackers, que poderiam comprometer o sistema operacional. Numa nota divulgada na sua página de apoio, a Apple aconselha os seus clientes a atualizarem os seus smartphones e tablets com o iOS 14.4.4.

De acordo com relatório publicado, uma das falhas foi detetada no Kernel do iOS, o núcleo operacional do sistema, permitindo aos invasores “elevar os seus privilégios” sobre os dispositivos, através de aplicações maliciosas. A gigante tecnológica adianta também que “o problema pode ter sido explorado ativamente”.

Outras duas falhas foram identificadas no WebKit, o motor de navegação usado pelo Safari. Nestes dois casos, os hackers poderiam “causar a execução arbitrária de códigos”, acrescenta a empresa.

A tecnológica liderada por Tim Cook alertou ainda que as falhas poderiam ter atingido iPhones a partir da geração 6S, iPad Air 2 ou posterior, iPad Mini 4 ou posterior e iPod Touch (7ª geração), aconselhando todos os utilizadores desses modelos a descarregar a atualização.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR