Os hospitais da região Centro registaram quinta-feira mais altas médicas do que internamentos, embora o número de internados seja muito elevado, informou esta sexta-feira a Administração Regional de Saúde do Centro .(ARSC).

De acordo com aquele organismo, às 23h59 de quinta-feira foram contabilizados mais 30 internamentos em enfermaria, mas em contrapartida foram dadas 107 altas hospitalares em enfermarias e oito em unidades de cuidados intensivos.

Naquela data, a região Centro registava 1.296 internados em enfermaria e 31 em unidades de cuidados intensivos, dos quais 105 ventilados, mais um relativamente a quarta-feira.

A ARSC informou ainda que, na quinta-feira, faleceram 36 pessoas em meio hospitalar, e que foram criadas mais 13 camas de enfermaria no Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

A estrutura de apoio e retaguarda instalada no Hospital Militar de Coimbra, que abriu esta semana com 31 camas, com capacidade para atingir as seis dezenas, encontra-se já ocupada com 11 doentes, segundo aquela estrutura descentralizada do Ministério da Saúde.

A pandemia de Covid-19 provocou, pelo menos, 2.191.865 mortos resultantes de mais de 101 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 11.608 pessoas dos 685.383 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.