O secretário de Estado para as Vacinas britânico, Nadhim Zahawi, afirmou esta manhã à Sky News que há cerca de quatro mil variantes do vírus pelo mundo.

“Há por volta de 4.000 variantes do vírus pelo mundo e, por isso, acredito que todas as empresas de vacinas – Pfizer-BioNTech, Moderna e Oxford-AstraZeneca – estejam a tentar melhorar as suas vacinas para estarem prontas para estas variantes”, realçou.

Zahawi reforçou que “há mais de 10 mil estabelecimentos de cuidados de saúde pelo Reino Unido” e que todos eles “ofereceram a vacina aos seus residentes”.

O ministro também anunciou que o governo britânico está a planear reabrir “gradualmente” a economia a partir da primeira semana de março e que as aulas presenciais vão ser discutidas no parlamento a 22 de fevereiro.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

“Os quatro grupos mais vulneráveis já terão recebido a vacina a meio de fevereiro. Quer isto dizer que a primeira semana de março é quando a vacina realmente começa a fazer efeito”, acrescentou Nadhim Zahawi. Isto só será possível caso o governo britânico continue a ver uma “boa evolução” no combate à pandemia de Covid-19, ressalvou.