O Volkswagen ID.6, o herdeiro directo do protótipo que conhecemos como ID. Roomzz, é o próximo veículo eléctrico a ser produzido pela marca alemã com base na plataforma MEB. O novo SUV é cerca de 30 cm maior do que o ID.4 e, com 4,876 m de comprimento, assume as mesmas dimensões do Touareg, o topo de gama da marca entre os SUV com motores de combustão. Era segredo, mas já não é.

A produção do ID.6 vai arrancar na China, numa das duas parcerias que a Volkswagen possui naquele país com fabricantes locais controlados pelo Estado. Enquanto o ID.4 é fabricado na China, para os mercados asiáticos, nas joint-ventures que a Volkswagen mantém com a FAW e com a SAIC, o ID.6 é específico da associação com a SAIC. E foi no processo de solicitar às autoridades a autorização para arrancar com a produção que as fotos do modelo que acompanhavam o pedido acabaram por surgir na Internet.

Como as versões europeia e americana do VW ID.6 vão ser idênticas à chinesa, à semelhança do que aconteceu com o ID.4, sabe-se que o SUV eléctrico topo de gama possui, além do já mencionado comprimento de 4,876 m, uma largura de 1,848 m, uma altura de 1,680 m e uma generosa distância entre eixos de 2,965 m, maior do que a reivindicada pelo próprio Touareg.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

O SUV oferecerá a possibilidade de dispor de um habitáculo com 7 lugares, mas na China será proposto com especificações bem abaixo do que necessitará para se impor nos mercados europeus e americano, uma vez que a potência anunciada é de apenas 204 cv, em pico, e de apenas 95 cv em contínuo. Isto significa que possui apenas um motor (instalado atrás) e as baterias de lítio NCM (níquel, cobalto e manganês) não serão das mais sofisticadas.

Para o mercado europeu, a Volkswagen prometeu dois motores com um total de 306 cv, tracção integral, uma bateria de 82 kWh recarregável a 150 kW e uma autonomia de 450 km em WLTP.