Que o artista The Weeknd foi a estrela do famoso intervalo do Super Bowl deste ano não restam grandes dúvidas. A pandemia obrigou o canadiano de 30 anos a atuar sem convidados e, durante 14 minutos, o cantor tirou da cartola hit atrás de hit, de “The Hills” a “I Feel It Coming”. A performance — para a qual o próprio contribuiu com quase 6 milhões de euros do próprio bolso — não passou despercebida nas redes sociais que, apesar dos elogios, deram largas à imaginação e os memes são vários.

A certa altura da atuação, o artista que gozou de um espetáculo de luzes surpreendente, transitou do palco montado nas bancadas para uma sala espelhada e iluminada a tons dourados. Numa primeira fase, é de The Weeknd quem se filma a si próprio, navegando de forma propositadamente confusa pelos corredores, um momento que serviu de gatilho nas redes sociais — houve mesmo quem comparasse alguns frames dessa cena às por vezes difíceis videochamadas protagonizadas pelos pais, ineptidões tecnológicas quem nem a pandemia parece conseguir resolver. Mas os memes incluem mais referências ao universo pós-Covid-19, incluindo as muito disputadas sobras de vacinas.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

À falta de convidados, o artista rodeou-se de dançarinos sincronizados vestidos de preto e vermelho, à sua imagem e semelhança, e com ligaduras nos rostos — uma referência do cantor que se tornou comum no ano que passou. Os companheiros de atuação não escaparam à mira daqueles que navegam pelo Twitter e se por um lado foram comparados a múmias, por outro suscitaram semelhanças com personagens das sagas “Star Wars” ou “Guardiões da Galáxia”.

Os muitos memes que invadiram (e invadem) as redes sociais receberam destaque na imprensa internacional, com o The New York Post, por exemplo, a escrever de forma satírica que o The Weeknd precisa de uma bússola, não fosse a cena a lembrar um labirinto iluminado a cativar a atenção dos internautas. Ao começo da manhã, o artista era até um dos “assuntos do momento” no Twitter em Portugal, com muitos utilizadores a afirmarem que já compraram bilhete para o concerto no próximo dia 25 de outubro de 2022.